Consultor Jurídico

Notícias

Aparelho policial

Deputado quer CPI para investigar grampos no Supremo

Comentários de leitores

4 comentários

hmmm..desconfiança de que seus telefones podem ...

futuka (Consultor)

hmmm..desconfiança de que seus telefones podem estar grampeados ..ilegalmente(?) -:ha ha ha ..conta outra! hmmm..gravações da PF com duração inferior à registrada ..registrada na conta(?)-:essa é forte. Parei Lilian - parabéns pela matéria!

Responder

Para que gastar dinheiro público na busca de in...

Gilberto Aparecido Americo (Advogado Autônomo - Criminal)

Para que gastar dinheiro público na busca de interesses particulares. O Lacerda já disse que está partindo.

Responder

Ué, mas nestes últimos dias eu li pela imprensa...

Paulo Monteiro (Advogado Autônomo - Civil)

Ué, mas nestes últimos dias eu li pela imprensa que tudo que é feito por um servidor público, em repartição pública é público (referente ao grampo fotográfico nos computadores dos ministros do Supremo). Mudaram de opinião agora?

Responder

Polícia Federal, por seu, autodenominado, servi...

HERMAN (Outros)

Polícia Federal, por seu, autodenominado, serviço de inteligência, desde o início dos pedidos de grampos (2001), o vem fazendo com base em denúncias anônimas e fontes, ditas, confiáveis. Iniciou-se a grampolândia com " medidas cautelares criminais diversas", sem instauração de inquérito e/ou processo crime que perduraram por anos. Fizeram, em verdade, grampos prospectivos dos quais muitos não chegaram a lugar nenhum. Criaram uma indústria do grampo com contratos de R$ 10.000,00 por mês a cada grupo de dez telefones, mais o valor do equipamento que ultrapassa um milhão de Reais. Dominam os contratos o GUARDIÃO e o BEDIN, este último engolido pelo primeiro, não por ser aquele o mais eficaz, mas, por estar politicamente melhor representado. NICCOLO MACHIAVELLI, ou, em português, NICOLAU MAQUIAVEL, autor de “O PRÍNCIPE”, com propriedade disse: “os fins justificam os meios”. Temos que refletir, quais são esses fins, e, quais os interesses por traz do reality show proporcionado à mídia. Por fim, não custa lembrar a Alemanha hitlerista, os nazistas conseguiram promover a matança de judeus porque, entre outras razões, a sociedade alemã da época mergulhou em massa ‘ no auto-engano, na mentira, na estupidez’, conforme definiu a filosofa Hanna Arendt”.

Responder



Comentar

Comentários encerrados em 5/09/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.