Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Justiça em números

Supremo pede R$ 426 milhões ao Congresso, para 2008

Por 

Reunidos em sessão administrativa nesta quinta-feira (2/8), os ministros do Supremo Tribunal Federal aprovaram a proposta orçamentária para 2008. Para as despesas correntes, de pessoal e encargos sociais, entre outras, incluindo investimentos, a proposta é de R$ 426 milhões. O valor supera em 15% o autorizado pelo Congresso para 2007, de R$ 370 milhões.

Os gastos com pessoal e encargos sociais somam R$ 248 milhões. O orçamento aprovado pelos ministros será agora encaminhado ao presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva. Ele enviará a proposta ao Congresso Nacional, onde será apreciada.

Assim como o volume de processos judiciais, a proposta de orçamento do Supremo cresce continuamente. Há cinco anos, por exemplo, o Tribunal havia aprovado orçamento de R$ 159 milhões.

 é correspondente da Revista Consultor Jurídico em Brasília.

Revista Consultor Jurídico, 2 de agosto de 2007, 19h26

Comentários de leitores

1 comentário

É aí, no orçamento e em sua aprovação, que pode...

Ruberval, de Apiacás, MT (Engenheiro)

É aí, no orçamento e em sua aprovação, que podemos entender porque nenhum parlamentar é condenado no STF.

Comentários encerrados em 10/08/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.