Consultor Jurídico

Notícias

Efeito estabilizador

Cássio Cunha Lima consegue liminar para continuar no governo

Comentários de leitores

5 comentários

Caro Murassawa, O senhor demonstra não saber n...

www.professormanuel.blogspot.com (Bacharel)

Caro Murassawa, O senhor demonstra não saber nada sobre a política do Estado da Paraíba. Não existe esta história de "duas famílias que se revezam no poder". E, se existisse, o senhor Cássio pertenceria a uma delas, já que é filho do ex-governador Ronaldo Cunha Lima (aquele que atirou em um desafeto em um restaurante lotado). O governador sub-judice foi cassado porque enfiou o pé na jaca na última campanha.

O Sr. CASSIO CUNHA LIMA quebrou a hegemonis naq...

Murassawa (Advogado Autônomo)

O Sr. CASSIO CUNHA LIMA quebrou a hegemonis naquele estado de duas familias que revezavam no poder daquele Estado, motivos pelos quais está sendo colocado p/ fora.

A liminar foi cautelosa. Maranhão teria que ren...

www.professormanuel.blogspot.com (Bacharel)

A liminar foi cautelosa. Maranhão teria que renunciar ao mandato de senador para assumir o governo. E se, depois, a decisão do TRE fosse revista? Nem senado, nem governo. Por outro lado, espera-se que o TSE seja rápido em analisar o eventual recurso do governador sub-judice (gostei do termo, Embira) da Paraíba. Vale ressaltar que o governador tem mais 4 processos no TRE. Tão ou mais graves que este. Ele pode ser cassado 5 vezes???

Calma professor Xiquim: a Justiça tarrrda mais ...

Embira (Advogado Autônomo - Civil)

Calma professor Xiquim: a Justiça tarrrda mais não falta. Há outros governadores, por aí, na mesma situação,ou, como dizemos nós advogados: "sub-judice".

Isso é ume tremenda brincadeira de mau gosto, f...

Zerlottini (Outros)

Isso é ume tremenda brincadeira de mau gosto, feito com o povo. Primeiro, o sujeito é condenado por ter distribuído cheques à vontade. DEpois, ganha um efeito suspensivo, pra continuar no mesmo lugar? A "justiça" (???) desta pátria amada, abandonada e sacaneada, salve, salve, tá é de brincadeira!!! Além de lenta, ainda fica de palhaçada? Pô, sejamos sérios. Não é à toa que o Brasil é alvo de chacota de todos os jornais lá de fora. E depois, o Itamarati ainda reclama? Devíamos, isso sim, pedir desculpas ao resto do mundo, por sermos este país de faz-de-conta que somos. E o que é pior: a culpa é nossa, do povo, que não sabemos votar. Francisco Alexandre Zerlottini. BH / MG.

Comentar

Comentários encerrados em 9/08/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.