Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Segredo do sucesso

Diretor do Carrefour mostra a advogados como conquistar o mercado

Por 

“Liderar é fazer com que os outros queiram muito fazer o que deve ser feito”. A frase é do diretor Jurídico do Carrefour, Antônio Alberti Neto. Ele participou, na sexta-feira (27/4), do seminário Gerenciamento e Marketing: Escritórios de Advocacia e Departamentos Jurídicos, promovido pela revista Consultor Jurídico em parceria com a Rede LFG.

Durante o seminário, Alberti deu dicas de como o advogado pode se tornar um líder e conquistar o mercado. Segundo ele, o Carrefour só chegou ao patamar atual porque grandes líderes trabalharam na empresa. O departamento jurídico da empresa assessorou, no último mês, a compra das 34 lojas do Atacadão. A operação envolveu cerca de R$ 2,2 bilhões e elevou o faturamento anual do Grupo francês a R$ 18 bilhões.

Como exemplo de liderança, ele citou quatro personagens: Winston Churchill — primeiro ministro Britânico, Dwight David Eisenhower — comandante das tropas aliadas na Europa durante a 2ª Guerra Mundial (ele comandou a invasão da Normandia, o Dia D), Luiz Felipe Scolari, que conquistou a Copa do Mundo de 2002 e Bernardo Rocha de Rezende, o Bernardinho, pentacampeão da Liga Mundial de Vôlei. Para Alberti, esses personagens são exemplos de estrategistas de sucesso e o objetivo dos quatro é o mesmo dos escritórios de advocacia: conquistar a vitória sempre.

O diretor Jurídico do Carrefour disse que uma equipe só chega ao sucesso se colocar a alma no que faz.“O líder de um departamento jurídico precisa motivar seus membros e fazer com que o Grupo seja de altíssima qualidade para estar apto a atender as exigências de seu cliente”.

Quando questionado sobre a tendência em contratar escritórios de advocacia para cuidar da parte contenciosa da empresa, ele afirmou que é preciso escolher profissionais gabaritados. Motivo: em caso de fracasso, o reflexo é altamente prejudicial ao Grupo. Alberti ressaltou que mesmo com a terceirização, o jurídico das empresas têm ganhado ainda mais importância por conta das grandes fusões e aquisições.

Ele acrescentou que um escritório de advocacia só consegue entrar no jurídico do Grupo se apresentar algum diferencial, algo que a empresa não tem. Também destacou que o escritório, antes de mais nada, precisa saber da necessidade da empresa.O Grupo não costuma contratar advogados por licitação.

Para Alberti, o departamento jurídico do Grupo valoriza os profissionais que têm comprometimento, rapidez e energia. Ele considera o advogado externo, contratado para cuidar do contencioso, como um prolongamento da empresa e defende a igualdade no tratamento. De acordo com ele, o Carrefour tem uma política nacional de relacionamento com esses advogados.

Participaram também do evento como palestrantes o administrador legal do laboratório farmacêutico AstraZeneca do Brasil, José Carlos Buechem, e os diretores jurídicos da Telefônica, João Paulo Rossi e do Grupo Unilever, Luís Carlos Galvão. A abertura do seminário foi feita por Márcio Chaer, diretor da Consultor Jurídico. Outras informações

Clique aqui.

O evento teve a transmissão telepresencial para 240 cidades atendidas pela Rede de Ensino LFG. Os expectadores puderam participar do seminário em tempo real com perguntas e comentários aos palestrantes.

Veja alguns traços distintos de um líder elencados pelo palestrante

1- Saber Ouvir

2- Planejar com disciplina na execução

3- Energizar/Inspirar (a idéia, a meta, o plano, o resultado), “Colocar a Alma no que faz"

4- Coragem, Firmeza e Serenidade

para decidir

5- Buscar a Perfeição (jamais “sentar nos louros”)

6- Humildade

7- Falar e Fazer ("walk the talk")

 é repórter da revista Consultor Jurídico.

Revista Consultor Jurídico, 28 de abril de 2007, 8h48

Comentários de leitores

6 comentários

Ser líder e conquistar mercado! PARABÉNS... é ...

Rui Saraiva (Advogado Associado a Escritório)

Ser líder e conquistar mercado! PARABÉNS... é exatamente o que ensina o nosso Estatuto... É exatamente o juramento que fizemos... Tenho certeza que essa minha visão é pueril, mas honesta para meus princípios. PARABÉNS aos supermercados... colocaram a advocacia em seu lugar... NA PRATELEIRA!!!

E também "basta" ter R$ 2,2 bilhões no bolso....

Milton Córdova (Advogado Autônomo)

E também "basta" ter R$ 2,2 bilhões no bolso....

Sempre lemos no Conjur o sucesso dessa rede com...

Armando do Prado (Professor)

Sempre lemos no Conjur o sucesso dessa rede comercial: condenações e mais condenações por abusos com funcionários e suspeitas contra clientes. É isso que ele iria ensinar aos operadores do direito?

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 06/05/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.