Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Contas da Justiça

Governo volta atrás e libera R$ 650 milhões para o Judiciário

O governo desistiu da idéia de contingenciar quase R$ 1 bilhão do orçamento do Judiciário, anunciado em março pelo ministro do Planejamento, Paulo Bernardo. O Executivo publicou na sexta-feira (20/4) decreto que determina a liberação de R$ 650 milhões para o Judiciário e o Ministério Público. As informações são do site Congresso em Foco.

A mudança foi motivada por uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) contra o bloqueio. Os ministros do Supremo decidiram proteger do contingenciamento os investimentos do Legislativo e do Judiciário. Limitarem em R$ 217 milhões o corte no orçamento, contra a decisão do ministro do Planejamento, que pretendia um corte de R$ 744 milhões.

No começo de abril, o ministro Gilmar Mendes se encontrou com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva para explicar porque o órgão pretendia contingenciar menos recursos do Judiciário do que o previsto pelo governo. Ele explicou ao ministro do Planejamento que o contingenciamento poderia agravar a situação do Judiciário.

Na semana passada, o governo chegou a publicar um decreto ignorando a decisão do STF e cortando R$ 924 milhões do Judiciário e do Ministério Público. Mas o decreto foi modificado e o bloqueio reduzido para R$ 270 milhões.

Revista Consultor Jurídico, 21 de abril de 2007, 13h55

Comentários de leitores

3 comentários

O Governo de SP podia fazer um convênio com o G...

Carlos (Advogado Sócio de Escritório)

O Governo de SP podia fazer um convênio com o Governo Federal. O Poder Judiciário de SP LITERALEMENTE PAROU!!! Não, ele não está em greve, parou pelo excesso de ações, poucos juízes e muito pouca verba. Para que um recurso seja analisado pelo TJ/SP demora em torno de 6 anos. Isso se tiver muita fé, rsss Nos Juizados Especiais em SP não é diferente. No Juizado Central, para JUNTAR nos autos uma petição, DEMORA QUASE 2 MESES!!! E há também aquela situação onde a justiça tarda e falha... Carlos Rodrigues - Advogado berodriguess@ig.com.br

E PARA OS APOSENTADOS? NADA!! É PIQUE, É PIQUE,...

M.P. (Promotor de Justiça de 1ª. Instância)

E PARA OS APOSENTADOS? NADA!! É PIQUE, É PIQUE, POR MAIS UM ANIVERSÁRIO DOS VELHOS IDIOTAS QUE TRABALHARAM PARA O BRASIL!!

Sem sangue, suor e lagrima não ha mais tempo pa...

Luiz P. Carlos (((ô''ô))) (Comerciante)

Sem sangue, suor e lagrima não ha mais tempo para o exercício da DEMOCRACIA. Não é ceticismo, não é pessimismo, é a realidade. Os Poderes Públicos constituídos se engalfinharam de tal ordenamento na corrupção, que se tornaram poderosíssimo e neutralizadores dos antídotos democráticos. Ninguém vence com a Justiça pelas próprias razões constitucionais ou legais. Não ha Juiz que resista aos interesses ofertados e se resistir são sumariamente aniquilados pelos corruptos.

Comentários encerrados em 29/04/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.