Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Técnicas para liderar

Diretor do Carrefour fala de gestão do departamento jurídico

Empresa só cresce se os funcionários estiverem motivados. E a motivação não parte apenas do princípio de oferecer benefícios e bons salários. O ambiente de trabalho precisa se manter saudável, assim como o líder de determinado departamento precisa ter as características de um empreendedor e de administrador de recursos humanos.

Os conselhos são do diretor jurídico do Grupo Carrefour, Antonio Alberti Neto. Ele é um dos palestrantes do seminário Gerenciamento e Marketing: Escritórios de Advocacia e Departamentos Jurídicos,, promovido pela revista Consultor Jurídico. Alberti falará sobre Liderança e motivação na gestão de departamentos jurídicos.

“O líder é alguém de postura inquestionável. Tem muita energia e é dono de instrumentos de liderança facilmente identificáveis”, afirma Alberti.

Durante sua palestra, o diretor jurídico do grupo Carrefour falará sobre os aspectos legais e princípios de lideranças, além de contar sua experiência em um dos maiores departamentos do grupo. “O líder de um departamento jurídico precisa motivar seus membros fazendo com o grupo seja de altíssima qualidade de esteja apto a atender as exigências de seu cliente”, sustenta.

Outras táticas e técnicas de gerenciamento e marketing usadas pelos escritórios que se destacam no mercado e pelos departamentos jurídicos de sucesso serão reveladas no dia 27 de abril, em São Paulo.

A análise do mercado jurídico e das tendências nacionais e mundiais do setor será feita também pelos especialistas Antonio Carlos Franco, gerente jurídico regional da Companhia Vale do Rio Doce; Luís Carlos Galvão, diretor jurídico do Grupo Unilever; João Paulo Rossi, diretor jurídico do Grupo Telefônica; e José Carlos Buechem, administrador Legal Director AstraZeneca do Brasil Ltda.

Para inscrição e mais informações, clique aqui.

Revista Consultor Jurídico, 10 de abril de 2007, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

A seção de comentários deste texto foi encerrada.