Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Direitos autorais

Autor de O Código da Vinci tenta se livrar de ação

Por 

Dan Brown, autor do best seller O Código da Vinci ajuizou moção junto à corte federal de Massachussetts, na noite de quinta-feira (5/4), pedindo que a Justiça descarte ação movida pelo autor que o acusa de plágio.

Em agosto passado, um escritor de Massachusetts pediu US$ 400 milhões de indenização do autor Dan Brown. Acusou-o de plágio. O postulante, John F. Dunn, argumentou que Brown teria se apropriado de boa parcela da obra The Vatican Boys, da autoria de Dunn, publicada em novembro de 1997.

Dunn alegou ter recebido declarações formais, sem tê-las pedido, de várias pessoas, como expertos em literatura e lingüística, comentando as “chocantes” similaridades entre as duas obras. Ele assevera que Brown teria tido acesso ao livro The Vatican Boys, “uma vez que a obra foi publicada muitos anos antes do Código”.

Dan Brown, que já venceu dois grandes desafios na Justiça. O primeiro foi quando a Suprema Corte dos Estados Unidos deu-lhe vitória em novembro de 2006, quando recusou-se a considerar as acusações de que o autor tenha infringido direitos autorais.

Outro desafio legal vencido por Dan Brown ocorreu em janeiro de 2007. Dois autores falharam no propósito de convencer a Alta Corte Inglesa de que Brown roubou suas idéias na obra.

 é repórter especial da revista Consultor Jurídico

Revista Consultor Jurídico, 8 de abril de 2007, 0h01

Comentários de leitores

3 comentários

Em tempo: o filme O fantasma do Louvre é melhor...

lu (Estudante de Direito)

Em tempo: o filme O fantasma do Louvre é melhor que esse ...

Tomara que não consiga se livrar da ação e aind...

lu (Estudante de Direito)

Tomara que não consiga se livrar da ação e ainda seja condenado. O livro é uma colagem de fatos, parei nas primeiras páginas e o filme ...um tédio, historinha de bobo.

Impossivel viver num mundo destes. Como, uma pe...

Luiz P. Carlos (((ô''ô))) (Comerciante)

Impossivel viver num mundo destes. Como, uma pessoa poderia escrever umlivro sem pesquisar em outras obras ou idéias, vernaculos historicos, sem analisar e conhecer outras culturas. Enfim, não existe essa de que eu tive acesso a um determinado autor e colhi algumas informações que considerei importante na visão de meu projeto e usei em parte alguns principios desta cultura. Quem vive em sociedade ou grupos divide conheciemntos culturas, etc. Fico abismado com essas coisas...

Comentários encerrados em 16/04/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.