Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Anti-higiênico

Dentista inglês é condenado por urinar em pia cirúrgica

O dentista inglês Alan Hutchinson, 51 de anos, foi condenado, nesta quinta-feira (5/4), por urinar na pia cirúrgica de seu consultório e por usar os instrumentos dentários para práticas anti-higiênicas como limpar os ouvidos e unhas com os instrumentos dentários, informa as agências de noticiais internacionais.

O tribunal do Conselho-Geral dos Dentistas ainda acusou o Hutchinson por não usar luvas e por não lavar as mãos antes dos procedimentos médicos. O dentista de West Yorkshire admitiu o não uso das luvas, mas negou as outras acusações. Ele alegou ter alergia ao látex.

Os juizes do tribunal declararam que estavam satisfeitos com as provas. Afirmaram que o dentista colocou em risco a saúde de “si mesmo, da sua equipe e dos pacientes”, por mais de 28 anos.

Hutchinson foi descoberto pela enfermeira Claire Pygott, que disse ter visto o dentista urinando na pia cirúrgica. Ela trabalhou com ele por 16 anos. O dentista argumentou que, quando lava a máquina de Raio-X, geralmente ela fica com um forte cheio de amônia (similar ao da urina). Segundo o dentista, a enfermeira teria entrado na hora que ele estava escovando os dentes.

Em uma próxima audiência, será decidido se os hábitos anti-higiênicos do dentista são motivos suficientes para que ele seja banido da profissão.

Revista Consultor Jurídico, 5 de abril de 2007, 17h38

Comentários de leitores

1 comentário

Se o cidadão é assim no local de trabalho, pens...

Ubirajara Casado (Advogado da União)

Se o cidadão é assim no local de trabalho, pensa como deve ser a casa dele?

Comentários encerrados em 13/04/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.