Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Boca de urna

TRE paulista recebe denúncia contra prefeito de Marília

O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo recebeu denúncia contra o prefeito de Marília (SP), Mário Bulgareli (PSDB). O Ministério Público Eleitoral acusa Bulgareli de prática de boca de urna, promoção de desordem em prejuízo dos trabalhos eleitorais e de desacato a uma funcionária pública no exercício da função. O pedido de instauração de abertura de inquérito criminal foi aceito na quinta-feira (28/9). O prefeito será citado para apresentar defesa.

Consta na denúncia que, nas Eleições de 2004, Bulgareli, candidato a prefeito, foi até a escola onde vota e abordou eleitores para tentar influenciar os votos. Além disso, o MP afirma que o então candidato prejudicou os trabalhos da 240ª Seção Eleitoral, da 70ª Zona Eleitoral de Marília, e desacatou a presidente da mesa.

Os crimes a que vai responder estão previstos na Lei das Eleições, no Código Eleitoral e no Código Penal. Segundo a Procuradoria Regional Eleitoral, por conta das penas previstas para os crimes apontados, eles deixaram de oferecer proposta de transação penal ou de suspensão condicional do processo.

Visite o blog Consultor Jurídico nas Eleições 2006.


Revista Consultor Jurídico, 30 de setembro de 2006, 7h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 08/10/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.