Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Liberação de mercadorias

André Di Rissio entra com novo pedido de liberdade no STF

O delegado paulista André Di Rissio entrou com um novo pedido de Habeas Corpus no Supremo Tribunal Federal para responder em liberdade o processo por corrupção ativa, descaminho e formação de quadrilha. O ministro Marco Aurélio é o relator.

Este é o segundo pedido de Habeas Corpus de Di Rissio no STF — o anterior teve sua liminar rejeitada pelo ministro Marco Aurélio. O delegado foi preso preventivamente durante a Operação 14 Bis, no final de junho pela Polícia Federal. Ele é suspeito de participar da liberação ilegal de mercadorias na alfândega do aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP).

A argumentação principal da defesa do delegado, presidente afastado da Associação dos Delegados do Estado de São Paulo, é a de que seu cliente tem sofrido constrangimento ilegal. O advogado de Di Rissio sustenta não haver necessidade de manter o delegado preso, porque o Ministério Público já ouviu todas as testemunhas no processo que tramita contra o delegado na 1ª Vara Criminal da Subseção Judiciária de Campinas.

Este pedido de Habeas Corpus foi ajuizado contra a decisão do Superior Tribunal de Justiça, que denegou, em outros duas outras ações, a liberdade de Di Rissio.

Visite o blog Consultor Jurídico nas Eleições 2006.

HC 89.694

Revista Consultor Jurídico, 29 de setembro de 2006, 17h14

Comentários de leitores

15 comentários

Eu não estou vestindo carapuças.Rsrsrs foi o qu...

cremonesi (Advogado Autônomo)

Eu não estou vestindo carapuças.Rsrsrs foi o que eu escrevi porque estou feliz, portanto, o texto que leio é sobre mim. Sr. Dinamarco: Acredito, sim, que o Sr. esteja se sentindo "FEDIDO"...e como acredito, afinal, motivos não lhe faltam !!! Agora, pode escrever sua respostinha banal, como se isso o tornasse melhor ou pior que alguém. O Sr. tenta "competir" com tudo o que lhe causa inveja. Vai competir sozinho porque, como ja mencionei,não servirei de trampolim. Quanto a seu peso, nossa...fiquei espantado com seu potencial, mas tenha certeza que seu peso eu aguento sim. O que não dá para aguentar é o que o Sr. mesmo reconhece sentir: SEU CHEIRO FEDIDO ! Não vou alimentar polêmicas estéreis. Minhas manifestações aqui neste site tem outro propósito, divorciado de alimentar investidas destemperadas de quem cria uma nova "figura jurídica", ou seja, a do "INIMPUTÁVEL VIRTUAL". Não é possível assimilar com normalidade que uma pessoa que eu admirava, se preste a gastar seu tempo lendo opiniões para poder criticar seu autor e não a essêmcia da manifestação. Pode escrever o que desejar QUE NÃO HAVERÁ RESPOSTA. Muito diferente de alguns que defendem Policiais assasinos e corruptos, preciso trabalhar, estudar e aprender a cada dia e não ficar municiando a INIMPUTABILIDADE VIRTUAL desocupada. Sinto muito, nobre Advogado...não será de meus textos que o Dr. encontrará razões para ocupar seu tempo ocioso.

Eu já sabia. Rsrsrs é a única resposta fiel à o...

A.C.Dinamarco (Advogado Autônomo)

Eu já sabia. Rsrsrs é a única resposta fiel à origem ! A mente é muito pequena e minha avó já dizia : "mexer com criança deixa a gente molhado ou fedido". Estou fedido. acdinamarco@adv.oabsp.org.br

rsrsrs...

cremonesi (Advogado Autônomo)

rsrsrs...

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 07/10/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.