Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Escuta no TSE

PF vai indiciar responsável por acusação de grampo no TSE

Por 

Os peritos da Polícia Federal Paulo Max Gil Reis e Getúlio Menezes Bento confirmaram que não há vestígios de grampo nem de retirada de grampo nas linhas telefônicas que servem o Tribunal Superior Eleitoral e o Supremo Tribunal Federal. A confirmação foi feita em entrevista coletiva, nesta quinta-feira (28/9), na sede da corporação em Brasília.

Na oportunidade, os peritos anunciaram também que vão indiciar Ênio Gomes Fontenelle, dono da empresa Fence Consultoria Empresarial, responsável pelo sistema de varredura das linhas do tribunal. Fontenelle foi quem anunciou que estavam grampeados os telefones dos ministros Marco Aurélio e Cezar Peluso, em seus gabinetes do STF, e Marcelo Ribeiro, na linha de fax de seu gabinete no TSE.

A PF acusa Fontenelle de falsidade ideológica e falsa comunicação de crime. Se condenado pelo primeiro crime o empresário está sujeito a pena de 1 a 3 anos de prisão mais multa e pelo segundo de 1 a 6 meses de prisão.

Os peritos disseram que fizeram a vistoria dos cabos telefônicos que ligam o TSE e o STF à central telefônica da Brasil Telecom e não encontraram nenhum vestígio de violação de sua estrutura. Trata-se de um cabo pressurizado contendo 1.800 pares de linhas que corre dentro de um tubo de PVC. A colocação de grampos na linha, bem como a retirada dos mesmos, segundo os peritos, só seriam possíveis com a violação do cabo.

Os peritos afirmaram ainda que a Brasil Telecom, operadora dos telefones de Brasília, tem um dispositivo de alarme que avisa quando um cabo é violado, e que isso não aconteceu em relação aos cabos dos tribunais.

Eles acusam a empresa, que tem 30 anos de experiência em sua especialidade, de erro grosseiro.

 é correspondente da Revista Consultor Jurídico em Brasília.

Revista Consultor Jurídico, 28 de setembro de 2006, 19h35

Comentários de leitores

13 comentários

Aos amigos comentadores: Considerando-se o...

Richard Smith (Consultor)

Aos amigos comentadores: Considerando-se o recente "fuá de maloca" causado pela exibição das fotos, aqui vai mais uma singela anedotinha: O Excomungado, em campanha eleitoral, foi com a sua comitiva a uma escola conversar com as criancinhas. Depois de apresentar todas as maravilhosas realizações de seu governo, disse às criancinhas que iria responder perguntas. Uma das crianças levantou a mão e elle perguntou: - Qual é o seu nome, meu querido? - Paulinho. - E qual é a sua pergunta? - Bem, eu tenho três perguntas. A primeira é: "Onde estão os dez milhões de empregos prometidos na sua campanha presidencial ? A segunda é: "Quem matou o Prefeito Celso Daniel ?". E a terceira é: "O senhor sabia do mensalão ou não?". O Excomungado fica desnorteado, mas neste exato momento toca a campainha para o recreio e elle aproveita e diz que continuará a responder depois do recreio Após o recreio, elle volta e diz: - OK, aonde estávamos? Acho que eu ia responder perguntas. Quem tem perguntas? Um outro garotinho levanta a mão e elle aponta para ele. - Pode perguntar, meu filho. Como é seu nome? - Joãozinho, e tenho cinco perguntas: A primeira é: "Onde estão os dez milhões de empregos prometidos na sua outra campanha presidencial?" A segunda é: "Os gastos com o cartão de crédito de D. Marisa são pagos pelo governo?". A terceira é: "O senhor sabia do mensalão ou não?" A quarta é: "Porque o sino do recreio tocou meia hora mais cedo?" e a quinta é "CADÊ O PAULINHO?!!". (pano rápido)

O nosso amigo Josimar faz parte daqueles que si...

Richard Smith (Consultor)

O nosso amigo Josimar faz parte daqueles que simplesmente, "não querem ver". Ver o acúmulo de contradições e de mal-feitos, advindos daqueles que sempre foram pedras para as vidraças alheias e que se apregoavam como "diferentes" de "tudo isso que aí está"(Ah, se eu tivesse ganho R$ 1,00 para cada vez que eu ouvi essa patranha...). Só que, uma vez no "pudê", os porcos magros se refastelaram. Veja-se que o Excomungado não respeitando a ética, a moral e os bons costumes, chega a não respeitar siquer a PALAVRA ASSINADA! Por ocasião do escândalo do "mensalão", em meados do ano passado, elle se comprometeu, POR ESCRITO, com a CNBB a não patrocinar, não enviar e nem apoiar qualquer iniciativa a revogar a legislação que proibe o ABORTO no país. Acuado, assinou na hora e a CNBB, dos bispos "vermelhos" e de fancaria, não lhe sentou, devidamente, o pau pelo escândalo da corrupção de um outro Poder da república. Todavia, o Excomungado, que já tinha compromisso formal com a "rede de mulheres" e outros órgãos ditos feministas e com a ONU, patrocinou o projeto de lei de Jandira Feghali do PCdoB do Rio que propugna a simples e singela remoção dos 4 artigos do Código Penal que proibem e punem o aborto! Assim, na sorrelfa, contra a opinião de 95% da população brasileira (75% dos quais contrária inclusive às atuais "não-criminalizações", como no caso de estupro, de risco de vida da mãe). Um verdadeiro absurdo! Uma verdadeira falsidade! Um verdadeiro crime contra incoentes absolutamente desprotegidos, que não cometeram crime algum! Maldito seja! É por isso que doravante só me refiro à sua repugnante (em todos os termos possíveis) como EXCOMUNGADO (o que elle verdadeiramente o é, pelo Código de Direito Canônico). FORA COM O EXCOMUNGADO!

Por aí nós podemos ver que não podemos pré julg...

Josimar (Consultor)

Por aí nós podemos ver que não podemos pré julgar. O próprio Ministro do STE afirmou que havia grampo. E agora!!!! Como pode a opnião publica em geral cobrar alguma coisa de outros orgãos apenas com palavras, ou seja sem a certeza da verdade. Falam muitas coisas, inclusive varios de nós comentaristas que dependendo do tema, opnamos sem mesmo termos maiores informações consistentes para isso. É por isso que à muito tempo, não ouço nem leio comentários maldosos contra o LULA, visto que são todos eleitoreiros, pois até o momento não existe nada que o desabone. Querem um Exemplo?? O Ex-Presidente FHC ao ser questionado sobre o envolvimento de um de seus Ex Ministro que comprovadamente está envolvido no esquema do SANGUESSUGA, apenas falou que deve ser investigado. Ora..Ora!!! Quando aperta no calo deles não vale a mesma conduta aplicada nos ataques contra o LULA?? Afinal tudo começou no governo que apoia o Geraldo Alckmin.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 06/10/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.