Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Invasão eleitoreira

Presidente Lula perde mais 40 segundos de propaganda na TV

O candidato-presidente Luiz Inácio Lula da Silva perdeu mais 40 segundos da propaganda eleitoral na televisão. O Tribunal Superior Eleitoral concluiu que, mais uma vez, Lula invadiu o espaço destinado a candidatos minoritários. Desta vez, a invasão ocorreu no tempo reservado a José Maranhão (PMDB), que concorre ao governo da Paraíba.

A coligação do tucano Cássio Cunha Lima, que concorre com José Maranhão, ajuizou duas representações contra Lula. Alegou que o petista candidato à Presidência invadiu o horário reservado a José Maranhão nos dias 18 e 20 de setembro. Segundo a coligação, quatro trechos da propaganda de aproximadamente 39 segundos foram indevidamente usados por Lula.

Em um dos trechos da propaganda, Lula diz: "Pra eu ser eleito de forma prazerosa, é importante que eu tenha como parceiro, aqui no Estado, o nosso companheiro Zé Maranhão, como governador, muito obrigado gente e até a vitória, se Deus quiser".

O ministro Marcelo Ribeiro foi o relator das representações. Ele considerou que nesse trecho realmente houve invasão de espaço. "Quanto ao restante do programa, verifico que há referência ao candidato a presidente, mas não vislumbro pedido de votos nem destaque à candidatura nacional, dirigindo-se o contexto ao candidato a governador", ressalta o ministro.

Representação 1.182 e 1.188

Revista Consultor Jurídico, 26 de setembro de 2006, 17h40

Comentários de leitores

3 comentários

Rapá! Desse jeito a propaganda eleitoral acaba ...

Richard Smith (Consultor)

Rapá! Desse jeito a propaganda eleitoral acaba hoje para o Excomungado e não quinta-feira.

Ao se comparar a Jesus Cristo, Lula deu uma gra...

Robespierre (Outros)

Ao se comparar a Jesus Cristo, Lula deu uma grande oportunidade para Fernando Henrique Cardoso passar a tratá-lo por “meu filho”. por Luis Nassif

TSE vai ganhar de goleada desse jeito. Ah, não ...

Armando do Prado (Professor)

TSE vai ganhar de goleada desse jeito. Ah, não está concorrendo?

Comentários encerrados em 04/10/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.