Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Dono da escuta

Roberto Requião pede explicações a deputado do PSDB

O governador licenciado do Paraná, Roberto Requião, protocolou no Supremo Tribunal Federal pedido de explicações contra o deputado federal Luiz Carlos Jorge Hauly (PSDB-PR). Requião acusado o deputado de denegrir sua imagem por responsabilizá-lo por escutas telefônicas ilegais feitas no estado.

Segundo o governador, as acusações foram feitas em entrevista do deputado ao jornal Gazeta do Povo, no dia 6 de setembro. Hauly atribuiu a Requião a responsabilidade por grampos contra adversários. Requião diz que o deputado o acusou sem apresentar qualquer prova e, se não as mostrar, estará configurado crime de calúnia.

A petição transcreve um trecho da entrevista. O deputado diz que “o Programa Guardião, adquirido pelo governo do estado, seria utilizado para o controle de informações da Segurança Pública de diversas pessoas das mais variadas atividades políticas e profissionais. O objetivo seria adquirir informações para uso do próprio governo”.

O relator é o ministro Sepúlveda Pertence.

PET 3.740

Revista Consultor Jurídico, 22 de setembro de 2006, 17h14

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 30/09/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.