Consultor Jurídico

Notícias

Gás perdido

Bolívia assume refinarias e Petrobras não recebe nada

Comentários de leitores

8 comentários

DR. OTTONI, ACEITE OS MEUS , SINCEROS, CUMPR...

A.G. Moreira (Consultor)

DR. OTTONI, ACEITE OS MEUS , SINCEROS, CUMPRIMENTOS , PELAS SUAS COLOCAÇÕES E CONSIDERAÇÕES !!!!

Interessante essa doação de 2 bilhoes, o povo b...

Bira (Industrial)

Interessante essa doação de 2 bilhoes, o povo brasileiro, legitimo dono, sabe disso?.

O Brasil precisa de gestão inteligente e técnic...

Ottoni (Advogado Sócio de Escritório)

O Brasil precisa de gestão inteligente e técnica, divorciada do cabresto político/fisiológico que nos assola, para enfrentar questões como a ora enfocada. A Bolívia não tem qualquer espécie de peso no concerto da Nações, nem mesmo na América do Sul. Não é mercado tentador, nem produtor insubstituível. Temos nosso gás e, com eficiência administrativa e seriedade governamental, em breve poderemos suprir a falta do produto boliviano. O Geisel já havia manifestado oposição à construção do gasoduto, sob a alegação de que: “um dia os índios resolvem fechar a válvula e nós, que faremos? Mandamos o Exército Brasileiro abri-la”. Não precisa tanto. Fechem a fronteira e mandem os bolivianos aqui residentes de volta. E vamos trabalhar, pois, temos tudo e eles não têm nada além de cocaína. Biocombustível é nossa atual referência e diferencial mundial, produto que substituirá, com vantagens, o venenoso gás boliviano. Vamos trabalhar e esquecer esse acidente geográfico.

é o que acontece por termos um governo bolivari...

scommegna (Advogado Autônomo)

é o que acontece por termos um governo bolivariano instalado no brasil. tenho certeza que nos bastidores existem pessoas achando a decisão acertada e aplaudindo. infelizmente, teremos que conviver com essa situação por mais quatro anos.

Em termos políticos e econômicos, esse é seg...

tyba (Advogado Autônomo - Empresarial)

Em termos políticos e econômicos, esse é seguramente o fato mais grave da história recente do país. Apavora, ainda mais, a falta de atitude da diplomacia brasileira. Como agora, os brasileiros nunca foram tão insultados, ofendidos, espoliados. E o que é chocante: os usurpadores agem sem temor, na maior caradura. A nação continental cede, treme, recua, se acovarda, se joga alvissareira no colo do algoz lambendo-lhe os pés descalços. Tenta a sedução canhestra com afagos e risinhos amarelos. Só. E reparem que, desta vez, o verdugo é a minúscula e miserável Bolívia.

O Lulla é mesmo um incompetente. A medida foi a...

Luiz Augusto Mendes (Delegado de Polícia Estadual)

O Lulla é mesmo um incompetente. A medida foi anunciada há meses, mas o Apedeuta preferiu "negociar" com o índio boliviano, a quem ainda conferiu legitimação. Pra variar, tomou uma bola nas costas, como sempre tem acontecido quando trata de questões de Estado com viés ideológico. E, nunca é demais lembrar que, nesse ínterim, nosso glorioso "Presidentio" ainda perdou uma dívida da Bolívia.

O GOVERNO EM EXERCÍCIO, PERMITIU QUE MUITO DINH...

A.G. Moreira (Consultor)

O GOVERNO EM EXERCÍCIO, PERMITIU QUE MUITO DINHEIRO PÚBLICO SAÍSSE DOS COFRES PÚBLICOS , PARA O BOLSO DE ALGUMAS CENTENAS DE PESSOAS . O POVO ASSISTIU E, COM MUITA TOLERÂNCIA, CONTINÚA ESPERANDO QUE A JUSTIÇA FAÇA COM QUE ESSE DINHEIRO RETORNE E SE PUNAM OS CULPADOS. ENTRETANTO, O QUE O POVO BRASILEIRO NÃO PODE TOLERAR, NEM ESPERAR, PACIENTEMENTE, É QUE O GOVERNO PERMITA O ESCANDALOSO ROUBO, ASSALTO, QUE O "COMPANHEIRO" MORALES ESTÁ IMPONDO AO BRASIL, COM A ACEITAÇÃO, OMISSÃO E CONIVÊNCIA DO GOVERNO DO BRASIL . E O RESPEITO À SOBERANIA NACIONAL , COMO FICA ? ? ? NESTA HORA, SENTE-SE "SAUDADE" DOS TEMPOS DA "REVOLUÇÃO" DE 64 ! ! !

O populismo da Bolívia vai se virar para ela pr...

Band (Médico)

O populismo da Bolívia vai se virar para ela própria. Ninguém faz negócio com caloteiro, a não ser a vista. Quem irá investir naquela josta atrasada que agora ainda se mostra burra? Vão ser mais umas décadas de atraso para o povo boliviano. Em todo o caso, é assim que se aprende a votar.

Comentar

Comentários encerrados em 22/09/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.