Consultor Jurídico

Comentários de leitores

5 comentários

Ô Luiz Paulo: Aparentemente você vai se dar ...

Richard Smith (Consultor)

Ô Luiz Paulo: Aparentemente você vai se dar muito bem na sua carreira, hein? Direto, rápido e objetivo. Na "veia". Parabéns e um forte abraço.

Mais importante que o indivíduo em si, é a cole...

Axel (Bacharel)

Mais importante que o indivíduo em si, é a coletividade. Se alguém se torna um risco potencial à sociedade, claro que deve receber um tratamento diferenciado. Fala-se muito do princípio da dignidade humana. Será ele também não deveria ser levado em consideração quando pensamos nas pessoas que já foram ou vão ser vítimas de bandidos no nosso país? Isso não é "cruel"? A Constituição também existe para garantir uma convivência harmoniosa entre os indivíduos e não só para amparar alguns poucos que tentam levar o caos para o cotidiano de nossas cidades, amparados por "intelectuais" que acreditam que todo tipo de punição é injusta, degradante, ineficaz...

RDD é um tipo de estabelecimento penal exótico ...

Luismar (Bacharel)

RDD é um tipo de estabelecimento penal exótico em termos brasileiros porque, por incrível que pareça, não é comandado pelos próprios presos.

Claro que a sentença da juíza será reformada. D...

Armando do Prado (Professor)

Claro que a sentença da juíza será reformada. Diz o brocardo que "o juiz conhece o direito. Mas, não basta. O juiz deve conhecer da humanidade e do ser humano. A juíza citou vários princípios, mas esqueceu do principal, o que é fundamento do Estado Democrático de Direito, ou seja, o da dignidade da pessoa humana. Não se trata de defender ou não o criminosos, trata-se de respeitar a Constituição e seus comandos fundamentais.

Risco à "ordem"? Que "ordem"???

Comentarista (Outros)

Risco à "ordem"? Que "ordem"???

Comentar

Comentários encerrados em 19/09/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.