Consultor Jurídico

Notícias

Igreja Renascer

Denúncia contra bispa Sônia e marido é mantida pelo TJ-SP

Comentários de leitores

  • Página:
  • 1
  • 2

39 comentários

Réplica a denuncia do ministério publico O a...

Souza (Prestador de Serviço)

Réplica a denuncia do ministério publico O aferimento mencionado no inquérito policial se baseia em valores altíssimos que são arrecadados contrastando com altos valores em contas não pagas. Estes altíssimos valores não são trazidos a tona para caracterizar o tamanho do desvio. Os gastos da fundação devem ser contrastados para chegar a uma conclusão de que se tenha faltado com os compromissos propositalmente ou se seguiu um orçamento com contratos prioritários com cláusulas obrigatórias com prazos geradores de juros que onerariam irreversivelmente a organização. Então a justificativa de acumulo de valores passivos estaria respondido ao ser verificada a utilização dos recursos. A garantia de liberdade ao culto não pode e nem deve trazer constrangimento ou peso de acusação, inclusive pelo uso de títulos relacionados a atuação dentro do organismo, seus questionados são mera especulação. Do mesmo modo a liberdade para a formação de sociedades ou grupo associativo isentam o peso de acusação quanto ao mérito de arrecadar valores em dinheiro para o desempenho das atividades que os membros destes organismos são concordes. A acusação de ludibriar fiéis é um termo subjetivo extraído de conclusões pré-concebidas pois a negativa de quitação de passivos leva a concluir isto. Mas seria indicativo de uma ação criminosa se os valores fossem comprovadamente desviados e não utilizados no pagamento de compromissos prioritários. Apesar disto a participação dos membros é voluntária, de modo comum a muitas entidades reconhecidamente legais. As contribuições conseguidas na área social com a recuperação de drogados amparo a idosos e crianças, ajuda com alimentos a familias carentes devem ser considerados pois podem ser obtidas e citadas milhares de testemunhas que as confirmam, (sou um delas). O fato de reconhecer o caráter empresarial reforça ainda mais a idéia de apresentação dos valores assim como as informações desta grande quantidade de empresas, dando clareza aos termos genéricos utilizados na acusação. Se na justiça há contestação dos negócios realizados pela organização devem ser evocados e explanados os motivos dos questionamentos. O desafio de conquistar meios de comunicação para fins de divulgação do Evangelho não é visto como ação prioritária pelos que avaliam o processo e associam subjetivamente intensa relação comercial. A atuação em frentes assistenciais, caem na questão de apresentação dos resultados em juizo. A quantidade de pessoas no comando é fator preponderante de absolvição e não de acusação pois em uma organização quanto maior o número de sócios melhor a situação dos seus ativos. O fato de terem poucos bens é indícios de que os acusados empenham seus recursos integralmente na organização e ainda mais, negociam os títulos por não contarem com recursos extra. A conclusão tomada precipitadamente por falta de bases sólidas não pode afirmar que há crime em dirigir uma entidade de caráter filantrópico e com grandes responsabilidades. Quanto ao estelionato e lavagem de dinheiro são acusações que teriam seu arbitrarimento reservado a justiça para comprovação em contrario.

Minha mãe e meus irmãos mora há 13 anos no Núcl...

jaison (Outro)

Minha mãe e meus irmãos mora há 13 anos no Núcleo Assistencial Heliópolis, e há dois anos atrás, Alguns integrastes da Fundação Renascer fizeram gambiarra na luz que resultou na queima de vários eletrodomésticos da minha mãe, e ela procurou eles pra saber como isso seria reparado, então disseram que não podiam fazer nada, com isso a minha mãe entrou com processo na justiça, e ganhou a causa, provando com laudos das próprias concessionárias, que alem da gambiarra na luz(que existe até hoje) eles também tinham gambiarra na água. Meses depois a Fundação Renascer mandou um documento registrado em cartório, pedindo que dentro de um certo prazo a minha mãe retira-se. O prazo se passou e ela não saiu, então eles entraram com processo judicial. O processo já existe a um ano e 1 mês, na primeira audiência o juiz de causa a favor da fundação Renascer, então o processo foi para um tribunal(que não sei o nome agora) pra ver se vai ser esta sentença mesmo que o juiz determinou(jugo eu assim), porem como não ficou sentenciado, a Fundação Renascer já por duas vezes, a primeira não deu certo, porem na segunda eles já se reintegraram de uma parte e com os pertences, de onde minha mãe mora, sem autorização do juiz. Fizemos boletins de ocorrência, e o advogado que está com o processo(Advogado do Estado), disse que não tem como fazer nada. E gostaria de acrescentar que dentro deste processo existe assinatura da Bispa Sonia Hernandes que foi falsifica em um documento registrado em cartório, que se comparando com um outro documento que tem seu nome com firma reconhecida, comprova-se que não é dela, ou seja a assinatura foi falsificada. E também o endereço que a Fundação Renascer alegam que a gente mora não é verdadeiro(tudo isso foi passado pro advogado que nem se interessou em levar adiante). Durante estes 13 anos em que a minha mãe morou lá, juntou documentos como fotos, laudos e até testemunhas que comprava que a Fundação Renascer é realmente só serve de fachada!!!!!! Tenho certeza de que está causa é pra minha mãe ganhar, se for levada em detalhes importantes. O que podemos fazer????? Existem mais detalhes em tudo isso. Fico no aguardo de resposta jaison@systemcell.com.br 011 82242400

Pr.Reginaldo Simões Com muito pesar,uma vez p...

mendes (Outro)

Pr.Reginaldo Simões Com muito pesar,uma vez provado todas as acusações,fico pensando nas pessoas que acreditaram estar, seguindo um líder de exemplo espíritual, que Deus que nunca falha julque com sua misericórdia os seus filhos, pois se cairam na maldição da cobiça, o inimigo das nossas almas não terá misericordia. Que todos possam se lembrar das palavras de Deus a Abraão: Eu abençoarei os que te abençoar, e amaldiçoarei os que te amaldiçoar.Ser discípulo de uma igreja Apostólica de Cristo, deve ser principalmente um exemplo de Cristo. Ev. de João 15:6-8

CARO AMIGOS LEITORES ... HUMANIDADE... SAIBAM ...

reginaldo184 (Outros - Comercial)

CARO AMIGOS LEITORES ... HUMANIDADE... SAIBAM QUE SE O DINHEIRO ESTA INDO PELO LUGAR ERRADO ELES VAO PAGAR PELO QUE ESTAO FAZENDO... POIS AS OFERTAS SAO PARA ABRIR TEMPLOS E O UNICO OBJETIVO É SALVAR ALMAS E NAO ACUMILAR TESOUROS NA TERRA... NAO SOMOS NINGUEM PARA JULGAR MAIS COM CERTEZA DAS MAOS DE DEUS NAO ESCAPA...

Meu caro Fróes: Eu não havia lido o seu come...

Richard Smith (Consultor)

Meu caro Fróes: Eu não havia lido o seu comentário inteiro. Não acho que devamos "elevar" os nossos pensamentos com carnalidades com ninguém, porque disso o mundo está cheio. O sr. Edú tem o direito de defender o que acha correto, sem que tenhamos a liberdade de mandá-lo prevaricar, ainda mais com uma mulher casada. Creio que o seu comentário, neste pormenor foi insultuoso e me desculpo com o Sr. Edú por aparentemente ter-me solidarizado com ele. Sinceramente.

Oh não, meu caro Fróes, eu tenho 46 anos. Esse...

Richard Smith (Consultor)

Oh não, meu caro Fróes, eu tenho 46 anos. Esse termo era muito usado por Monteiro Lobato na boca da boneca Emília. Um forte abraço.

Sr. Edú. Os comentários do Sr. Smith são pertin...

Fróes (Advogado Autônomo)

Sr. Edú. Os comentários do Sr. Smith são pertinentes. Creio que o sr. deveria ir "bispar" um pouco com aquela bela Bispa, que o sr. Smith acha uma "bisca". O sr. Smith deve ter mais de 60 anos. Esse termo é usualmente utilizado por paulistas, com mais de 60 anos. Sr. Smith, a Bispa bisca é muito bonita. Oremos por ela e a ela elevemos nossos maus pensamentos .Aproveite, sr.Edú, e vá se coçar.

Ah. Apenas mias um comentário. Eu procuro escol...

Richard Smith (Consultor)

Ah. Apenas mias um comentário. Eu procuro escolher as palavras. "Bisca" no dicionário Aurélio indica "pessoa de mau caráter e dissimulada". E é esta a minha opinião sobre pessoas que exploram os mais ingênuos, que buscam a Deus, infelizmente por caminhos errados.

Caro Edú, peço desculpas se o ofendi. Mas não r...

Richard Smith (Consultor)

Caro Edú, peço desculpas se o ofendi. Mas não retiro uma palavra do que disse. Creio firmemente e em consciência, que a Sra. D. Sonia Hernandes e o seu esposo são ESTELIONATÁRIOS sim. E assim entendeu o Ministério Publico paulista e o MM. Juíz que está conduzindo a instrução do processo contra eles. Novamente, FATOS e somente FATOS. Como disse, não julgo o interior dos corações e consciências dos referidos senhores mas somente os FATOS, as EXTERIORIDADES. Neste diapasão, lesar funcionários (caso dos cheques sem cobertura) e fiéis (caso das fianças não honradas) casos todos estes que eles JÁ FORAM CONDENADOS, me leva a atribuir à "bispa" o epíteto de "bisca", sim. Sinto muito. Sendo assim, por favor, não se sinta pessoalmente atingido pelos meus comentários, sim? Quanto aos seus comentários acerca de certos (muitos, infelizmente) componentes da Igreja Católica, com humildade aceito, porque quem se desvia do caminho do Senhor, merece. Pondero apenas com você, que vivemos tempos muito ruins, aonde preponderam as verdadeiras IDOLATRIAS (sexo, dinheiro, poder, etc.). Neste panorama, católicos de verdade, praticantes, são uma minoria. Não basta ao camarada ser batizado, para poder se dizer católico. Quanto à "unção" daquela senhroa como "bispa" (absurdo anti-evangélico) eu pergunto: Quem a procedeu e com que autoridade? (Na Igreja Católica, assim como na Anglicana e na Luterana, somente um bispo pode transmitir este poder e dignidade a outro bispo). Continuo rezando por você. Um sincero abraço.

ola Sr Richard... Não quero mais me estender...

Edu (Outros)

ola Sr Richard... Não quero mais me estender nesse assunto, pois o mesmo não adiantaria de nada... apenas quero colocar um ponto em seu comentário que muito me ofendeu até mesmo por vc ser uma pessoa inteligente, não esperaria isso de vc... Em resposta ao sr maxwel vc referiu a unção da Sônia como "bisca", não é a primeira vez que vejo isso num comentário seu. Como vc mesmo diz em seus comentários que vc não é digno de julgar o interior das pessoas pois isso é pertence apenas a Deus. Sr Richar não gostei desse comentário, hajo isso um grande desreipeito mostrando o nível de pessoa que vc é... Vc gostaria que eu falasse que sua mãe é uma "bisca" quero dizer "gentil". Ou quem sabe se eu falasse "Igreja Católica Apostólica Macumbeira Romana" porque até nos centro de ubanda, cadonble e outras seitas as mesmas imagens estão lá "da cidinha, do zezinho, do uguinho e até do luizinho... rsrsrs" vc nunca se perguntou isso???? Bem sr Richar se é para baixar o nível eu tb sei baixar o nível... mas hajo isso totalmente despresível e sem valor algum, só que tem uma coisa... cuidado com suas palavras por que vc não sabe de quem vc está falando... Não quero mais me estender nisso... e tb não responderei nenhum comentário seu ou te qualquer outra pessoa... depois do dia 15 quem sabe nos falamos... Só mais uma coisa... "vai chegar o dia que vc será traído pelos seu própria razão, e tudo aquilo que vc viveu ou que vc tem ou sem conheciemento não poderá te ajudar... nessa hora olhe para a porta..." (interessante o site que vc recomendou) até qualquer dia... fui... Abraços... Sr Eduardo

Eu também gostaria de fazer um colocação: ...

Richard Smith (Consultor)

Eu também gostaria de fazer um colocação: Assim como existem, na Igreja Católica padres indignos (traidores, hereges, pedófilos, etc.), pessoas absolutamente indignas do Sacerdócio, há de se convir, que existem muitos pastores evangélicos em situação parecida. Porque não se comenta do "desempenho" da bancada evangélica da Câmara dos Deputados envolvida até o pescoço nas denúncias do "mensalão" das "sanguessugas", etc. Em tese e, seguindo-se a doutrina evangélica tradicional da impecabilidade do fiel revelado, ou, no mínimo, em se considerando que eles foram escolhidos e eleitos pelo povo evangélico, não deveria haver um tanto mais de moralidade e um pouco menos de chafurdar junto com os outros porcos?

Meu caro Maxwel: Primeiramente, agradeço e...

Richard Smith (Consultor)

Meu caro Maxwel: Primeiramente, agradeço e retribuo ao seu abraço. Em segundo lugar, erros gramaticais ou simplesmente de digitação, todos nós, e principalmente eu, cometemos. Em terceiro, eu não sou nem advogado e nem mesmo rábula, posto que não faço postulações perante o juízo. Sou apenas um modesto consultor que trabalha para escritórios de advocacia e para empresas. Finalmente, não me acho o dono da verdade e nem me atribuo o direito, negado por Deus, de julgar o interior das pessoas. Julgo apenas o que elas dizem (escrevem) ou o que sai publicado, como matéria, neste espaço público de natureza jurídico-social. Em que pese a extensão de seu novo comentário, penso que você, novamente não foi muito objetivo e refugiu aos pontos centrais da questão: os referidos "pastores" utilizam-se de ardis e engodos para iludir os fiéis, propagando certezas do alcançamento de graças e de benefícos, da parte de Deus, contanto que o dízimo e outras ofertas sejam entregues? Mais ainda, esses mesmos "pastores" tem outras condutas legalmente repreensíveis (os casos dos cheques e das fianças de aluguel) aonde eles JÁ FORAM CONDENADOS? Se sim, sim. Se não, não! Graças a Deus, temos ampla liberdade de religião e de culto, bem como de expressão também, no nosso País. Mas atitudes explorativas e criminosas, não devem abrigar-se nestas garantias constitucionais, você não acha? E é neste sentido, o da negação de fatos concretos, é que usei o termo "tapado", com o sentido de "não querer ver", de "estar tapado às evidências", simples assim. Sem maiores intenções de ofensa, tenha a certeza.

Prezado colega Richard. Pratico o evangelism...

Maxwel Goulart (Estudante de Direito - Civil)

Prezado colega Richard. Pratico o evangelismo por 24 anos desde que conheci algo bom em minha vida. Independente de Religião que siga, ou de igreja que venha eu a participar, as bases que tenho em relação à palavra pregada para nós é muito vasta, posso lhe dizer assim. Estou em meio ao catolicismo, protestantismo também, não desviemos o rumo do que se é comentado. Não queira pensar mal, mas pelo que percebo, sua revolta ante a situação apresentada é explicita em meio a comentário já tecidos. Como se é de praxe em face à justiça, "Aquele que acusa, deve provar". Afinal de contas o provar sempre é o mais difícil, mas sempre se é provado; religião é algo indiscutível “valores morais” e não saio a defesa de ninguém, mesmo porque não sou membro da entidade em questão. Apenas exponho o meu ponto de vista de forma respeitável como qualquer outro colega. Como citado o art.171 do C.P, ele é bem mais do que se encontra escrito nas entrelinhas, deve se estuda-lo mais a fundo cientificamente, não querendo chamá-lo de rábula creio que aqueles que o entendem podem dizer mais a fundo o que ele pode traduzir, o senhor esqueceu de citar o art 5 de nossa C.F que fiz questão de explanar. Comentando a liberdade religiosa entre as pessoas, cada qual possui a sua. Felizmente muitas coisas aconteceram no passar dos tempos. Muitos índios foram mortos por não aceitarem a nova religião adotada nesta terra, e hoje em dia a religião deles é garantida pelo Estatuto do Índio, a inquisição matou mesmo inúmeros pessoas e pensadores, e agradeço pela mesma não existir mais, pois inúmeros revolucionários de nosso tempo em suas descobertas tecnológicas e cientificas que revolucionam o mundo seriam queimados em meio à fogueira em praça pública impedindo assim o avanço cientifico contribuindo para nosso melhor bem estar. Proteger a liberdade de credo é fator fundamental em nosso país. Lugar ao qual existem dezenas de segmentos étnicos e religiosos, fazendo com que nossa miscigenação seja a mais diversificada em todo o mundo. A arrogância faz parte de nosso oficio felizmente, é a partir dela que demonstramos nosso amor ante a matéria defendida, ver um direito resguardado é como ajudar um pobre moribundo em meio ao relento, pois estamos dispostos a praticar a justiça em meio ao seio da sociedade em meio ao juramento. Quando nos colocamos a defender interesses e solucionar conflitos, temos que estar dispostos a lidar com debates e diálogos franco, visando o intuito de solucionar ou amenizar aquilo que se deu por levantado. Ser "tapado" creio que a recíproca seja verdadeira, pois expor um pensamento com intuito de se praticar o livre exercício de liberdade de expressão que me é de direito é algo que me é garantido por lei. Ofensas à parte, caro colega, dispensados comentários a respeito! Uma vez que o mesmo não me é necessário, ao fundamentar uma critica que tende a fazer com que as pessoas pensem nos dois lados da moeda e não apenas em um só. Agradeço pelas Santas Casas de Misericórdia, construídas com donativos e mantidas por associados hoje. Salvam inúmeras vidas e permitem que inúmeras outras venham ao mundo hoje. Agradeço aos orfanatos que acolhem aqueles sem lar, pois se não fossem nós para ajudar em donativos alguns não estariam mais na ativa. Louvo a Deus pelos asilos, lugares onde “alguns” filhos sem paciência depois de tudo que foi feito por eles colocam seus pais no final de sua vida, dando uma velhice com qualidade de vida e plena felicidade em meio aos demais esquecidos, também sendo assistenciados por nós. Sem demagogias entendo bem como são estas coisas, é de se compreender Arnaldo Jabour em suas criticas diárias. Por mais que se exista um espírito de protecionismo ante ao fato acontecido com uma igreja, e as pessoas terem abraçado tal causa com unhas e dentes, fica nitidamente demonstrado o quanto é infelizmente conhecida a metodologia e sistemática empregada nas demais igrejas de outro segmento "não romanas". Independente do que tenha ocorrido no passado como fora frisado por mim em comentário anterior. O mal do homem sempre foi o dinheiro. "Qual de nós daria tudo que temos aos pobres e seguiríamos a Jesus hoje?”. Creio que ninguém deseja se tornar um moribundo, pois deve se ter muita fé para viver neste propósito. Por mais que estudemos a palavra, às vezes ela é dura e áspera. Corta a carne feito navalha assim a diz. Sem méritos, diante de tudo que fora exposto pelo colega. Visões e criticas a parte, cada qual possui a sua e nossa sociedade após a queda da ditadura e a constituição de um novo estado democrático de direito, diga-se de passagem, é molda desta maneira. Sou como citado inicialmente por sua parte "levado a crer que você, ou não compreendeu o que foi tratado aqui nestes comentários”, uma vez que não houve qualquer tipo de ofensa moral em face de nenhum sujeito ou argumentação aqui proferida. Os meios dentre os quais exercitamos nosso livre direito de manifestação por outro lado, juridicamente falando são também levados em consideração, determinadas analises circunstanciais em relação a desvios de condutas e comportamento.Tudo é registrado digitalmente e assinado por aqueles que comentam. Então só peço que atente ao pensamento em relação a enquadrar ou não categoria promiscuas para pessoas conhecidas publicamente, pois afinal de contas difamação é crime passível de punição. Pois o que era para se tornar apenas um fórum de discussões, passa a ser caracterizado como desvio de condutas sendo algo não produtivo. Não existem pessoas donas da razão humana, cada qual é dono de si mesmo e creio que maduros também. Sabemos que a sociedade como um todo é unida em um único pensamento moral, com o intuito de vê-la perfeita por mais que busquemos a perfeição as vezes a mesma parece ser inalcançável. Não deixemos tal baluarte cair ante ao ego ferido, ou eximiu exaltação por algo que descontenta a razão ou demais valores pessoais. Como temos liberdade de escolha e livre arbítrio para fazer o que queremos, somos sujeitos passivos alvos de conseqüências dentre as quais somos atentados. Independente de como seja minha categoria profissional, idade apesar de meus cabelos dizerem por si, ou como venha a trabalhar, meus valores são reconhecidos por aqueles que os apreciam. O que é importante para mim são as criticas construtivas, pois as destrutivas me são dispensadas. Ademais, creio que o colega como conhecedor da palavra, disseminada por todo o mundo conhece determinada passagem. "Não atentarás o Senhor teu Deus". Tudo que é feito nesta terra, para aqueles que acreditam será cobrado em outro plano espiritual o até aqui mesmo. E usar o nome do Senhor com outro intuito que não faz jus ao seu poder sempre será condenado Se tais pessoas cometeram erros, serão cobrados com toda certeza, se não cometeram a verdade virá à tona, tudo se resolverá aguardemos o desfecho. Por mais provas de delitos que possam existir contra ou pelo fato de um dos melhores profissionais do país possa ter sido contratado para defesa, é porque ouve condições para tal. O papel do colega será de provar aquilo que foi ofertado. O que é mais fácil em um tribunal? Ser promotor ou Ser defensor? Ser Juiz e fazer juízo e sentenciar? Para os operadores, estudiosos ou cientistas do direito aqueles que estudaram a ciência sabem da resposta. Para as demais pessoas conforme o colega deixou explicito em comentário anterior, desculpe-me por algum eventual erro gramatical que possa ter sido apresentado em comentário anterior. Aqueles que nunca erram que atirem a primeira pedra. A hora era avançada, e sem dúvida alguma só eu sei o estado em que me encontrava. Deixamos o pessoal de lado e concentremos na matéria. Exercitemos nossa liberdade de expressão expondo nossos pensamentos formais não de forma dedutiva, devido a premissas adquiridas em qualquer citação feita. Porque afinal de contas, livres somos para fazer o que quisermos, mas, diga-se de passagem, que somos restritos em algumas ditas “liberdades” aparentes. Debates e fóruns de discussões são para isso, exposição de pensamentos e não vitrine para se atear pedras. Já participei de vários, e por experiência própria sei como são. Abraços.

Meu caro Maxwel: Sou levado a crer que você,...

Richard Smith (Consultor)

Meu caro Maxwel: Sou levado a crer que você, ou não compreendeu o que foi tratado aqui nestes comentários, ou tenta uma defesa desesperada do sr. "apóstolo" e da sra. bisca, digo "bispa". O caso é claro: o Ministério Público, após investigações solicitou e foi atendido pelo MM. Juízo o bloqueio de bens dos fundadores da "Renascer" na esteira do indiciamentos deles pelos crimes de lavagem de dinheiro, estelionato e falsidade ideológica. Tudo com direito a ampla defesa e por um advogado de competência e renome, inclusive presidente da OAB de São Paulo. Fatos. Exclusivamente fatos. Como fatos também o são as diversas fianças oferecidas por fiéis de boa-fé, certamente para expansão do ministério e que acabaram por resultar em execuções contra esses mesmo fiadores (coitados); Como fato também o é, o uso de cheques pessoais de obreiros e empregados para o pagamento de despesas da igreja ("caixa 2"?) e, pior, sem a devida cobertura depois; Como também a posse e propriedade dos humildes "santos fundadores" de apartamentos de cobertura em São Paulo, de casas na Flórida, de veículos blindados, etc. Supostamente para "maior conforto" na pregação. Ocorre que Nosso Senhor disse: "O Filho do Homem não tem aonde repousar a cabeça", "Não levem duas túnicas...", etc. Eu então pergunto: ante a fatos como esses, devidamente comprovados, documentalmente e em processos judiciais, como você pode falar e "represaria" (imagino que você tenha querido dizer "represália") em "perseguição" à igreja? Em "difamação"? Você ainda reproduz o art. 171 do código penal: "Obter, para si ou para outrem, vantagem ilícita, em prejuízo alheio, induzindo ou mantendo alguém em erro, mediante artifício, ardil, ou qualquer outro meio fraudulento". E como você qualifica, tanto na "Renascer" como na IURD, como você mesmo a chama, a promessa aos fiéis de que eles vão "arrancar" benesses de Deus, como no caso que relatei, lá atrás, de uma empregada minha, que disse, há uns três anos atrás que havia "desafiado" Deus e que Ele IRIA dar uma casa para ela morar. Sabe o que aconteceu aliás? Passaram-se três anos e o marido dela, que trabalha aqui no meu prédio, fez de tudo para ser mandado embora e assim, poder levantar o FGTS, na ordem de uns R$ 25 mil, e que possibilitaria a compra da casa. Já passaram três sindicos neste período e nenhum deles quis mandá-lo embora. mesmo ele fazendo um certo corpo mole! DESAFIAR DEUS! É isto o que ensinam nos cultos dessas denominações! Mais ainda, acenam com diversas campanhas e cerimônias ("fogueira santa", etc.) e coletam cada vez mais dinheiro. Sempre com a promessa de que tal ou qual graça serão alcançados. Isto não é "induzir ou manter alguém em erro, mediante artifício, ardil, ou qualquer outro meio fraudulento"? Quem pode garantir, de Deus, qualquer ação, senão a nossa Salvação dada de graça e perpetuamente no Calvário? Volto a dizer, quando rezamos o Pai Nosso dizemos: "...seja feita a VOSSA vontade...". A vontade DELE e não a nossa ou a de um "aPÓSTOLO" QUALQUER. Como o pastor o "bispo" ou qualquer um pode GARANTIR que aquele pedido será alcançado, se o fiel for FIEL nas oferta$? E se o pedido for mau? ou inconveniente? Ou fora da ordem estabelecida por Deus? Ou desnecessário naquele momento para a edificação da pessoa, ou a sua mortificação? Quem é o Zé-mané capaz de prometer isso? Trata-se assim, de estelionato sim! Quanto ao Vaticano, meu amigo, eu acho que as aulas de história que você andou freqüentando devem ser daquelas que dizem que a Inquisição matou MILHÕES de pessoas (ouvi isso de um professor de História da USP!), despovoando a europa inteira, por certo. Você, mesmo sendo evangélico, teria a capacidade e a honestidade de imaginar o que seria o Brasil de hoje não fossem os padres jesuítas? Ou sem as Santas Casas (desde 1532)? Ou sem os estabelecimentos de ensino religioso? Ou ainda sem os milhares e milhares de asilos, creches, hospitais, etc.? Você deve ser jovem, e assim, um tanto arrogante. Mas recomendo que se vai seguir a carreira jurídica, seja menos "tapado" e um pouco mais rigoroso na análise das informações existentes. Será muito bom para você e, creio que muito mais ainda, para os seus clientes...! Com um abraço.

Creio que com os conhecimentos juridicos ao qua...

Maxwel Goulart (Estudante de Direito - Civil)

Creio que com os conhecimentos juridicos ao qual tenho adquirido em minha carreira acadêmica como estudante de Direito tenho propriedade para expor para os demais colegas alguns principios básicos consagrados por nossa lei maior ao qual rege sem dúvida alguma nossa vida em meio a sociedade. De acordo com a nossa C.F em seu Artº5 Incs IV e VI é definido: IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato; VI - é inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e a suas liturgias; Tais principios básicos são seguidos por inumeras seitas, religiões e afins, ou por igrejas espalhadas por nosso território nacional. Tais principios fundamentais são garantias reais para todos nós cidadãos comuns,visando o intuito de proteger nosso bem estar e nossos valores morais e religiosos em meio a sociedade. Tais alegações em face a determinada igreja, é foco visivel de possivel represária ou perseguição, uma vez que inumeras outras igrejas espalhadas em meio ao seio de nosso território nacional tem crescido de tal forma adotando assim determinados tipos de condutas. De acordo com o crime de estelionato denunciado ao MP segue. Artº 171 do C.P aduz: "Obter, para si ou para outrem, vantagem ilícita, em prejuízo alheio, induzindo ou mantendo alguém em erro, mediante artifício, ardil, ou qualquer outro meio fraudulento". É considerável se ressaltar que os meios empregados para que seja caracterizado o estelionato são "induzindo ou mantendo alguém em erro, mediante artifício, ardil". Tais elementares do crime não se caracterizam de acordo com determinadas práticas e costumes empregados em meio a estas ou qualquer outro tipo de religião. O emprego de doações, ou recolhimento de qualquer valor em espécie, se deve ao fato do sujeito passivo por livre e espontânea vontade ter em sua razão a vontade de doar aquilo que julgue ser necessário. A motivação surge das mais diferentes formas e em relação a tais práticas, inumeras pessoas condenam algumas religiões por estas práticas. A prática de angarear donativos é comum e utilizada em qualquer religião de qualquer lugar para manter assim sua própria subsistência; pagamento de contas e atividades afins, isso não vale apenas em igrejas. O fato de determinada igreja ter crescido seu patrimônio é ao meu ver, algo normal, e prova disso são as inumeras outras sedes que ela tem aberto pelos mais diversos lugares do pais. Se seu sistema de administração venha ser empregado como uma empresa é normal, uma vez que a mesma é isenta de alguns tributos devido sua atividade econômica ser diferenciada. Por mais que a mesma venha a crescer, é certo que o fator fundamental são as pessoas que ajudam, uma vez que sentem a vontade de ajudar. Independentemente das acusações, situação semelhante passou a I.U.R.D "Igreja Universal do Reino de Deus". Tais acusações contra seu lider, foram derrubadas por terra, criando assim apenas um escândalo na midia por determinada emissora de TV. Atualmente a I.U.R.D tem crescido de uma forma inimaginável,e mesmo que tenha sofrido perseguições no passado, a mesma ainda se mantém em pé. Expostas estas poucas linhas, só quero deixar resgistrado minha critica: Se a igreja Católica possue o patrimônio que tem espalhado pelo mundo e mantem um país chamado Vaticano, nas custas de "explorações" oriundas dos séculos passados de diversas nações do mundo inclusive a nossa, usando de meios ardis, e mantendo as pessoas em erro, vendo "terrenos no céu", coisa que aprendi nas aulas de História no colegial na rede pública de ensino por meus professores. Porque perseguir uma religião ao qual tem crescido com ajuda das pessoas, mediante as suas crenças e dógmas empregados simplesmente visando o bem da coletividade como a mesma oriunda do país chamado Vaticano prega? Existem fatos que mesmo que sejam equiparados ou confrontados, de certa forma poderão ser explicados mais adiante. Por fim para por aqui. Maxwel.

Meu caro amigo (posso chamá-lo assim?) Edu; ...

Richard Smith (Consultor)

Meu caro amigo (posso chamá-lo assim?) Edu; Não, você não em ofendeu em absoluto. Da minha parte também, não tive qualquer intenção de ofendê-lo. Saiba que admiro muito a sua reverência aos favores que Deus concdeu a você e à sua família, mas não posso, no contexto em que foi colocada a notícia para comentários, deixar de dar a minha opinião. Creia que o faço com virilidade mas sem desamor a ninguém. Penso, mais ainda, que você, meu amigo, que um dia se decepciou com única e verdadeira Igreja, deveria repensar um pouco que fosse as suas posições, com a ajuda do Espirito Santo, sempre, claro. Será que a Igreja desejada por Nosso Senhor Jesus Cristo ficou "ao léu" durante dois mil anos para ser resgatada e "redimida" pelos Srs. Hernandes ou Macedo nos anos 80? O Espirito Santo ficou dormindo este tempo todo e deixou todos os fiéis sob o tacão injusto, criminoso e idólatra da Igreja Católica? Você não para para pensar um minuto que uma Igreja assim, tão corrupta e criminosa, ter sobrevivido 20 séculos seria uma contradição grande demais? Não desejo abusar mais deste espaço que não é para apologética, mas sim para discussões jurídico-sociais. Se você quiser expandir os seus horizontes e se informar quanto a esse assunto, com HONESTIDADE, recomendo-lhe muito o site "www.monfort.org.br". E que Deus o ilumine. Um sincero abraço.

...Sr Richard, respeito sua posição e indgnação...

Edu (Outros)

...Sr Richard, respeito sua posição e indgnação a serca de assuntos dessa natureza. Não te conheço como conheço o Ap... mas creio que é uma pessoa muito inteligente e como todo ser humano tem areas frageis na vida... Já fui católico, coroinha, fiz catecismo e crisma mas não é por não acredito mais nisso que vou falar mal de todo padre petofilo que aparece, te toda sugeira que existe atrás da sagristia e nos coventos e todo mundo sabe mas faz vista grossa, sem falar de todo ouro que está no vaticano que foi extraido do Brasil, sem citar tb os martires... bem Sr. te peço respeito, pois a minha fé não está paseada em preceitos humanos, em filosofias ou discusos eloguentes de homens, mas sim no poder de Deus que transformou a historia da minha família e do meu futuro, sem lhe falar no vazio que havia no meu interior que foi preenchido por esse poder que vem de Deus. E não só por que eu sou dessa fé que eu tenho que ser miseravel e minha esposa tenha que viver patecendo necessidade, por que o Deus que qeu sirvo é um Deus de prosperidade dono de todo ouro e de toda prata... Conheço muitos pastores que são discriminados por terem bens mais niguem vêm que são empresarios e possuem uma vida circular no dia a dia e que pregam a palvra por que amam o que faz... Como tinha lhe disse antes se o Ap vez alguma coisa errada vai pagar segundo a justiça de Deus, mas quem vai devcidir isso é Deus e não o homem... mas estando ele errado ou não, não me atrevo a falar mal de um ungido de Deus e nada e niguem me fará abrir mão dessa fé... por que só quem tem um contato com o amor de Cristo que pode descrever o quando é maravilhos essa nova vida... Sr Richard te peço desculpas se lhe ataquei ou ofendi a respeito de alguma coisa e lhe desejo a paz sobre a sua vida que assim como eu vc possa encher o vazio do teu interior com agua viva como o poder de Deus e que todas as suas duvidas interiores sejam respondidas, que seu sono seja tranquilo e que vc possa viver todos seus sonhos... Te amo em Cristo... Shalon Adonai... "Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele. " (João 3:17) Sr Eduardo..

Com certeza Vagner: A nossa luta é, principa...

Richard Smith (Consultor)

Com certeza Vagner: A nossa luta é, principalmente contra as tentações do maligno. Tentação de engabelar aos outros, tentação de estorquir pessoas humildes e iludidas, tentação de ter "casona" em Miami, de ter "fazendona" no Brasil, de ter "carrão, etc. No mais, meu amigo, um tanto de filantropia feita com parte do dinheiro, não compensa a "pilantropia" do todo. Pergunto, com os 450 mil dólares da residencia do "apóstolo" e da bisca, digo "bispa" em Miami - sem falarmos na fazenda - quantos drogados poderiam ser ajudados? Um abraço a você.

porque ninguem fala das coisas que a igreja ren...

vagner (Outros)

porque ninguem fala das coisas que a igreja renascer em cristo, realiza como lar abrigo que abriga muita gente carente ou como a casa de recuperaçao de peçoas viciadas em drogas, e etc, com serteza e´ mais facil acusar, ver algo de bom se-torna quase inpossivel,pensem nisto, a biblia nos diz que a nossa querra nao e contra a carne ou sangue mais sim contra as postestades e prinipados que abitam nas regioes celestias,ou seja os espiritos do maliguinos.

Ah. Somente para que conste: Apóstolos são some...

Richard Smith (Consultor)

Ah. Somente para que conste: Apóstolos são somente os DOZE, menos Judas que traiu o Cristo e mais Matias que foi eleito para o seu lugar. E mais São Paulo, o por sí mesmo denominado, "Apóstolo dos Gentios". Assim a Tradição vem reconhecendo há 20 séculos. O Diacono Estevão, proto-mártir, não era Apóstolo. Um novo abraço.

  • Página:
  • 1
  • 2

Comentar

Comentários encerrados em 12/09/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.