Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Estatuto do Torcedor

Autódromo de Interlagos deve ter assentos numerados

O autódromo de Interlagos, em São Paulo, vai respeitar o Estatuto do Torcedor. Por isso, a Prefeitura Municipal de São Paulo, São Paulo Turismo e Interpro, organizadora do GP de Fórmula 1, assinaram um Termo de Ajustamento de Conduta, em 16 de outubro, para que os assentos no autódromo sejam numerados. A pena pelo descumprimento do acordo é de R$ 3 milhões.

De acordo com investigações do Ministério Público, o autódromo não disponibiliza assentos numerados para os torcedores dos eventos de automobilismo. “O termo de compromisso celebrado obriga a numeração dos assentos e dos correspondentes ingressos a serem vendidos, de modo a garantir específicos lugares, buscando, com isso, evitar transtornos e dificuldades, como, filas ou a necessidade de se chegar com tanta antecedência aos eventos”, afirma o promotor de justiça Ruymar de Lima Nucci.

O acordo prevê ainda a rescisão de contratos com qualquer empresa que, a partir de agora, venha a utilizar o espaço público e deixe de numerar os ingressos. “O GP Brasil de Fórmula 1 de 2007 já está obrigado a cumprir esse termo de compromisso”, diz o promotor de justiça.

Saiba como buscar eficiência e rentabilidade para seu escritório no Seminário Os Rumos da Advocacia para 2007.

Revista Consultor Jurídico, 30 de outubro de 2006, 16h27

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 07/11/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.