Consultor Jurídico

Comentários de leitores

10 comentários

As ponderações do Sr. RICHARD SMITH está quase ...

Murassawa (Advogado Autônomo)

As ponderações do Sr. RICHARD SMITH está quase que completo, porém, faltou analisar e comentar o porque da divisão entre sul a favor do GERALDO ALCKMIN e NORTE E NORDESTE a favor do LULA, será em função da riquesa e maior acesso a informação ou efetivamente dependencia econômica ao BOLSA FAMILIA. Por outro lado, cabe esclarecer que comentários do tipo da Sra. HELENA não contribuie em nada, pois, além da péssima redação é esquerdista radical.

Para leitura e meditação: "A MAIORIA SE ...

Richard Smith (Consultor)

Para leitura e meditação: "A MAIORIA SE TORNOU CÚMPLICE DE LULA Está aí o resultado das urnas, confirmando as pesquisas de opinião. Há vários textos da mídia tratando da divisão do Brasil. Olhando secamente a porcentagem dos dois candidatos, pode-se indagar: mas que divisão? Trata-se de quase dois terços de Lula contra pouco mais de um terço de Alckmin. A maioria é muito convincente. É verdade. Mas, hoje, são grupos que se mostram inconciliáveis. A tarefa de Lula não será fácil. Especialmente porque a força que dividiu o Brasil tem uma feição inequívoca: VALORES ÉTICOS E VALORES MORAIS. Sim, é verdade que a campanha do PT fez o Brasil regredir uma década no debate sobre as privatizações, por exemplo. Faça-se agora uma pesquisa, e se vai constatar que a maioria dos brasileiros não só é contrária à privatização da Petrobras — sem ter a menor noção do que isso significaria — como certamente se opõe à privatização já havida da Telebrás: e, pior nesse caso, porque tendo não a noção, mas a experiência do que ela significou: praticamente a universalização do telefone, celular ou fixo. Mesmo assim, a onda terrorista criada pelo PT pegou. Mas ela apenas serviu para referendar uma escolha que já estava clara no primeiro turno — e que, na verdade, marcou as pesquisas desde que Alckmin foi escolhido candidato: a maioria preferia Lula. E sempre preferiu a despeito das evidências de corrupção em seu governo. Existe, sim, uma divisão no país, mas ela é menos de intenção e de propósitos do que propriamente de apreço por alguns valores. Quando brinquei no blog que queria uma 'democracia sem povo', alguns bobalhões me tomaram a sério. Queria chamar a atenção para o fato de que está dando 'Lula de novo com a culpa do povo'. O que isso significa? Certamente compõem uma percentagem desprezível do eleitorado os que IGNORAM as evidências de corrupção contra o governo Lula. Não são acusações corriqueiras. Pergunta-se por aí muitas vezes: 'Qual a diferença entre o que acontece agora e o que acontecia antes, nos outros governos'? É enorme. Trata-se da distância entre a parteira e o obstetra, entre o batedor de carteira e o mafioso. Estamos falando de PROFISSIONALIZAÇÃO E MÉTODO no assalto ao Estado. Mas não é só isso: essa expertise que foi sendo adquirida está a serviço, também, da construção de um projeto de poder — e, disso, com efeito, o tal 'povo' não tem a menor noção. Tal conhecimento é privativo das elites políticas. E, ainda assim, são poucos os que reconhecem que um partido está tentando mudar a natureza da democracia brasileira. Acate-se, para a grande votação que Lula teve, a justificativa que se quiser — e vou abordar em outro texto a questão econômica, o Bolsa Família, os erros da oposição —, uma coisa, no entanto, é certa: pobre, rico ou remediado, quem votou em Lula disse 'sim' ao padrão ético do seu governo. Quando falo em 'culpa do povo', faço-o porque tenho o mau hábito (para os demagogos de plantão) de não tomar a maioria dos brasileiros por inimputáveis. Todos sabiam muito bem o que estavam fazendo. A MAIORIA DO ELEITORA SE TORNOU CUMPLICE DO GOVERNO, ESCOLHENDO O SEU DESTINO. Se eu considerasse esse povo inocente, movido pelo estômago, defenderia que fosse proibido de votar. Não! O povo é maior de idade." do Blog de REINALDO AZEVEDO (todos os grifos são meus)

Dá não! Os comentários da PeTralha Hele...

Richard Smith (Consultor)

Dá não! Os comentários da PeTralha Helena são um "primor"! Deveriam ser registrados e catalogados para a futura "incliclopédia intelequitual do isquerdismo pogressista"! Quá, quá, quá, quá!

Agora é governar para o povo, pois Lula não pod...

Robespierre (Outros)

Agora é governar para o povo, pois Lula não pode esquecer que o 2º turno só se firmou quando ele deu uma guinada para a esquerda. Patriotas os há em todos os cantos: na igreja com o arcebispo Hummes, com os evangélicos mais progressistas, com o pefelê de Marcos Maciel, assim como com Serra e Aécio dos tucanos. Os fascistas foram isolados, sejam da igreja (arcebispo do RJ), sejam os Artur Virgílios e Bornhausens da vida.

...a manipulação da GLOBO é "SUTIL". só que a...

Robespierre (Outros)

...a manipulação da GLOBO é "SUTIL". só que agora, a internet mostra a verdade no debate da GLOBO, a regra era os eleitores indecisos formularem 1 pergunta para os candidatos. Alan Brito foi um dos indecisos. Ele perguntou o que o futuro presidente faria com a melhoria dos transportes, e deu como exemplo o caso dele, que pegava todo dia 3 ônibus para chegar na faculdade. Só que a GLOBO não esperava que a farsa seria desmascarada tão rápido. Alan Brito mora na frente da FACULDADE. Não tem como ele pegar 3 ônibus. A pergunta foi montada para prejudicar o LULA. Não foi uma pergunta gerada por um indeciso, contrariando as regras que a GLOBO descreveu. A verdade está no próprio profile de Alan Brito. http://www.orkut.com/Profile.aspx?uid=15015107971567257159 Os amigos deles, estão todos indignados, dizendo que ele mora na frente da faculdade.

p.s. Eu, como o senhor, também acho achincalhes...

Richard Smith (Consultor)

p.s. Eu, como o senhor, também acho achincalhes (à honra, à moral pública, à ética, à ingenuidade de todo um povo, à vida, pela LIBERAÇÃO TOTAL DO ABORTO, etc) e falta de compostura (mentiras, boatos soezes, rapinagens, acobertamentos, parentes lobistas, etc., etc., etc.) HORROROSOS! NEFANDOS! o Senhor tem toda a razão!

Caro Sr. Atahualpa "outros": Repito a minha ...

Richard Smith (Consultor)

Caro Sr. Atahualpa "outros": Repito a minha perguntinha: se eu estivesse sentando a lenha, não no candidato Abortista Excomungado, mas no seu adversário, o senhor estaria reclamando? Passe bem. FORA DELINQÜENTE(S), ALCKMIN PRESIDENTE! ou LULLA PARA PRESIDENTE! (Presidente Bernardes ou Presidente Venceslau...)

Seria oportuno que Conjur, prestador de grande ...

Robespierre (Outros)

Seria oportuno que Conjur, prestador de grande serviço nesta eleição, preste atenção para o linguajar adjetivado de alguns aqui nas discussões, como esse tal de Richard, pois o hospedeiro poderá ser passível de ações na justiça. Não é possível achincalhes e falta de compostura num site como esse.

PeTralha fujão e "borra-cuecas", você já co...

Richard Smith (Consultor)

PeTralha fujão e "borra-cuecas", você já conseguiu responder ao meu DESAFIO provar as sandices que você escreveu outro dia contra a Igreja Católica? Ou vai continuar fugindo? E sobre o apoio do Canalha Abortista Excomungado e o seu partido ao ABORTO, já achou algum "textozinho" do dirceu, do tão, do mino carta para tentar arrumar alguma desculpa esfarrapada? PeTralha canalha (rima ou pleonasmo?) FORA DELINQÜENTE(S), ALCKMIN PRESIDENTE! À VITÓRIA!!!

A ação do coordenador da campanha da ex-juíza a...

Armando do Prado (Professor)

A ação do coordenador da campanha da ex-juíza apenas mostra até onde chega o desespero dos que serão derrotados, pois a ação será inepta. No plano federal, a vitória de Lula, apoiado por Sérgio Cabral, já são favas contadas. A vitória de Lula, significará a derrota da direita e da grande imprensa, ambas merecedoras desta derrota. A vitória das forças progressistas permitirá manter o neoliberalismo longe do país. Por outro lado, afasta a "geração Daslu" da possibilidade de entregar os últimos ativos de Pindorama. Mas não estamos dando um "cheque em branco" para Lula. A pressão organizada da sociedade civil e dos movimentos sociais, permitirá o aprofundameto das mudanças sociais necessárias.

Comentar

Comentários encerrados em 5/11/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.