Consultor Jurídico

Comentários de leitores

7 comentários

BOM DIA SRS JOAO M.(CRIMINALISTA)E MURASSAWA(TR...

CELO (Estagiário - Criminal)

BOM DIA SRS JOAO M.(CRIMINALISTA)E MURASSAWA(TRABALHISTA) Sempre admirei seu comentarios Sr Joao, mais não consigo entender como uma pessoa tão culta pode afirmar que vai votar no geraldo, este não tendo o mínimo preparo para governar o estado de SP ainda mais o BRASIL. Sr Murassawa a miseria sempre ouve e sempre vai haver, há pessoas que se acomodam com o bolsa família e por isso não buscam um meio para poder sair, a culpa não é só do governo e a miseria não começou no governo LULA ela já veio de antes,não é da noite para o dia que se resolve... o LULA FEZ E VAIA FAZER MUITO MAIS PARA OS BRASILEIROS, NÃO PARA 35 MILHÕES DE HABITANTES QUE OS TUCANOS GOVERNAVAM E SIM PARA A MAIORIA DOS 190 MILHÕES DOS BRASILEIROS.

Tive oportunidade de viajar pelo interior do ma...

Murassawa (Advogado Autônomo)

Tive oportunidade de viajar pelo interior do maranhão em 2005 e fiquei triste ao observar familias vivendo em situação de extrema necessidade e miséria, sem qualquer assistencia do estado, pois, estão sobrevivendo de pequenas esmolas que conseguem a beira das estradas e de pequenas caças, portando, pergunto onde está a tão propalada bolsa familia, está mesma imágem observei no sul do estado da bahia, no norte do espirito santo e no estado de sergipe.

Delegado constrange oposição e diz que PF não é...

Armando do Prado (Professor)

Delegado constrange oposição e diz que PF não é manipulada BRASÍLIA (Reuters) - A oposição esperava que o presidente da Associação Nacional dos Delegados da Polícia Federal referendasse suas críticas de aparelhamento da instituição, mas foi constrangida diante das câmeras a uma declaração de que a PF não sofre qualquer manipulação do governo nas investigações sobre o escândalo do dossiê. Leia abaixo o texto Sandro Avelar, que dirige a ANDPF, pediu um encontro com os comandantes do PSDB, do PFL e do PPS nesta tarde e fez os três partidos acreditarem que teriam um aliado nas críticas de aparelhamento da PF. Cálculo errado. O objetivo do delegado não era unir-se ao coro nem ofender a instituição que representa, mas aproveitar a polêmica sobre a PF para apresentar um projeto de lei reivindicando a autonomia da corporação federal. A jornalistas, ele negou peremptoriamente qualquer tentativa do Ministério da Justiça de tutelar e dirigir o inquérito a favor do PT, ponderando que "seria leviano afirmar que há manipulação". "As investigações são isentas e estão sendo conduzidas da maneira que deve ser feita, o prazo (do inquérito) é bem razoável", disse Avelar, para surpresa dos jornalistas e constrangimento de líderes da oposição, que posavam a seu lado diante das câmeras de TV. Inicialmente, o encontro havia gerado nos partidos que apóiam a candidatura de Geraldo Alckmin (PSDB) à Presidência da República a esperança de dar musculatura à pressão pelo surgimento da origem do dinheiro e expor nos jornais um fato negativo aos adversários. Mas o movimento acabou tendo efeito contrário. A oposição acusa o governo e a própria PF de fazer uma "operação tartaruga" para descobrir a origem do 1,7 milhão de reais apreendidos pela polícia. O montante seria usado por petistas para pagar um dossiê que incriminava políticos tucanos. "Quero que essa isenção seja transformada em lei", completou. Ao lado do presidente do PPS, deputado Roberto Freire (PE), e do presidente do PSDB, senador Tasso Jereissati (CE), Avelar defendeu seu projeto de independência. "O momento é oportuno para colocarmos à mesa essa discussão", argumentou. "Se não há manipulação, porque pedir a independência da PF?", questionaram jornalistas diversas vezes. "Enquanto nós não tivermos a nossa autonomia prevista em lei, nós sempre vamos estar sujeitos a essa preocupação", respondeu Avelar. Com isso aumenta o desespero da tucanalhada que vai tentar de tudo para ganhar no tapetão.

Nossa, só tem eleitor do Lula aqui, gente. Eu v...

João M. (Estagiário - Criminal)

Nossa, só tem eleitor do Lula aqui, gente. Eu vou de Alckmin. Simplesmente porque o Lula se transformou quando assumiu o poder. Onde está o antigo Lula? Aquele que sabia de toda a corrupção que existia no governo FHC. Aquele que dizia que reeleição era ruim para o país. No governo FHC ele sabia de tudo, mas no governo dele mesmo não sabe nada? Muito conveniente para ele. Ele se tornou uma pessoa debochada. Eu fico triste ao ouvir os pronunciamentos dele. Não porque vou votar no PSDB, mas sim porque ele não merece outra chance de governar o meu país. Infelizmente, ele teve a chance dele, mas falhou e decepcionou milhares de brasileiros. Dizer que o PSDB é elitista é fácil, o difícil é reconhecer que o Lula (do PT) tem como principal ação a distribuição de esmolas, não como ele tenta dizer, distribuição de renda. Distribuir renda é distribuir empregos, oportunidades, etc., não esmola. Por isso, voto 45 e repito, o Lula teve sua chance e falhou, falhou feio.

FHC defende privatizações e diz que não é contr...

Robespierre (Outros)

FHC defende privatizações e diz que não é contra venda da Petrobras da Folha Online O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso defendeu nesta terça-feira os resultados dos processos de privatização realizados durante o seu governo e afirmou não ser contra a privatização da Petrobras.

Promessas tucanas - Folha de S.Paulo, Painel do...

Robespierre (Outros)

Promessas tucanas - Folha de S.Paulo, Painel do Leitor - 17/10/2006 "Ao ler a manchete de ontem ("Para atrair PDT, Alckmin faz carta antiprivatização'), lembrei-me de outro documento, também assinado por um tucano, que prometia aos eleitores paulistas manter o Banespa como banco estatal. A carta, que muitos banespianos guardam até hoje, foi assinada pelo então candidato ao Palácio dos Bandeirantes, Mario Covas, e enviada aos milhares de empregados do banco às vésperas das eleições de 1994. "Meu compromisso é o de resgatar a grandeza e tradição do Banespa, bem como a dignidade de seus funcionários (...)", dizia trecho da missiva. Se nem Mario Covas, de longe o melhor de todos os tucanos, conseguiu cumprir sua palavra, imagine então se Alckmin, que liderou o processo de privatização em São Paulo, irá manter a promessa de não vender as poucas empresas federais que restaram do governo FHC." Airton Goes (São Paulo, SP)

As próximas pesquisas serão surpreendentes, po...

Armando do Prado (Professor)

As próximas pesquisas serão surpreendentes, pois apontam margens de mais de 20 pontos pró-Lula e regiões onde a votação de Geraldinho, literalmente despenca. Esses números, é óbvio, chegam também ao conhecimento da cúpula da campanha de Geraldo Alckmin. Porisso, ao contrário do que seria natural, não estão sendo comemorados pelo comando lulista. Começou a piscar ali uma ameaçadora luz vermelha. Ela sinaliza que a oposição deve partir, agora abertamente, para tentar ganhar o jogo no "tapetão". Ou seja, tentando impugnar a candidatura Lula usando o argumento do dossiê anti-tucano. Portanto, toda cautela é necessária, pois os "novos cães de guarda", consubstanciados na mídia de reverência, partem para o tudo ou nada usando macartismo e factóides. Ver para crer.

Comentar

Comentários encerrados em 24/10/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.