Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Contrabando e pirataria

Receita apreendeu R$ 164 milhões em mercadorias falsas no Rio

A Superintendência da Receita Federal da 7ª Região Fiscal (Rio de Janeiro) tem intensificado o combate ao contrabando e à pirataria. Só em 2006, foram apreendidos R$ 164 milhões em mercadorias falsificadas. Em 2005, a Receita apreendeu o equivalente a R$ 87,6 milhões.

Na segunda-feira (18/10), a Alfândega do Porto de Itaguaí (RJ) vai destruir 9 mil bolsas falsificadas da marca Louis Vuitton, além de pouco mais de mil malas de viagem apreendidas em 2005. No total, serão 5 toneladas de mercadoria destruída.

Visite o blog Consultor Jurídico nas Eleições 2006.

Revista Consultor Jurídico, 13 de outubro de 2006, 18h54

Comentários de leitores

1 comentário

NÃO SÓ DE PIRATARIA VIVE A RECEITA, PÔ ! PED...

Luiz P. Carlos (((ô''ô))) (Comerciante)

NÃO SÓ DE PIRATARIA VIVE A RECEITA, PÔ ! PEDÁGIO MUNICIPAL É CRIME HEDIONDO, SAIBA POR QUÊ OS CARIOCAS ESTÃO SENDO ENGANADOS PELA JUSTIÇA. Você sabia que o Carioca é o único povo que: Paga pedágio Municipal em Avenida Central para atravessar de um bairro pro outro. Em nenhum outro estado da Federação acontece isso. É Crime de Extorsão. http://www.pedagiourbano.kit.net (No Rio a submissão). http://www.midiaindependente.org/pt/blue/2006/07/357430.shtml http://conjur.estadao.com.br/static/text/40853,1 (Em São Paulo a reação). Visitem: DENUNCIA COM FOTOS E DOCUMENTOS SCANEADOS. http://www.orkut.com/Album.aspx?xid=10082208220518657486&uid=6896329862000380207 STF - Brasília, quinta-feira, 21 de setembro de 2006 - 10:04h http://www.stf.gov.br/noticias/imprensa/ultimas/ler.asp?CODIGO=208966&tip=UN¶m= STF impede TJSP paulista de analisar normas Estaduais e Municipais em face da Constituição Federal. ADI-347 O que vale dizer que PEDAGIO URBANO, principalmente aqueles em AVENIDAS MUNICIPAIS, como o caso da LINHA AMARELA/RJ e a intenção do pedágio Cafuda-Charitas em Niterói/RJ e o das Marginais do Tiete/SP que constituído por ato administrativo do Executivo Municipal é inconstitucional. Pior, nesses termos tal cobrança mediante sanção de multas, pontos em CNH e outras a quem não deseja pagar, são coações ilegais, o que passa ser CRIME DE EXTORSÃO mediante o exaurimento do ato.

Comentários encerrados em 21/10/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.