Consultor Jurídico

Comentários de leitores

10 comentários

Eu sou consultor e perito em ações trabalhistas...

Richard Smith (Consultor)

Eu sou consultor e perito em ações trabalhistas, quase que exclusivamente pela reclamada. Já vi diversos exageros, para não falar em verdadeiras arbitrariedades, principalmente contra ex-sócios de reclamadas, com relação não apenas à penhora "on line" como também em diversos outros aspectos do processo e da execução. Digo mesmo, que a reclamada entra para brigar em uma ação trabalhista, "com as mãos amarradas nas costas", tantas são as pressuposições e preclusividades que laboram em favor do reclamante, nem sempre muito honesto no seu pedir (mais propriamente, o advogado do reclamante, diga-se). Fatos todos estes sobejamente conhecidos de todos os que militam na área. Considero-me então insuspeito para falar. Todavia, sou inteiramente a favor da penhora "on line", DESDE QUE feita como última alternativa, com critério e limitada ao valor do crédito. Todavia, o que temos visto é o proliferar de situações burlescas, que acabam por distorcer grandemente a medida, que é rigorosa e que deveria ser utilizada apenas contra os devedores recalcitrantes. Até porque, essa história de "ganhar e não levar", fica parecendo com aquela outra, das leis "que pegam" e das "que não pegam". Só aqui no Brasil.

O que corrói a economia do Brasil é a bem suced...

omartini (Outros - Civil)

O que corrói a economia do Brasil é a bem sucedida esperteza em burlar a lei, é o calote debochado contra a impotente vítima que ganha no Judiciário e não leva.. Certamente que a Justiça erra em alguns casos, nem é pretensão que seja infalível! Mas acerta na maioria dos casos e a prática combatida pelo articulista é muito eficáz em garantir o direito concreto.

Por enquanto, há certos abusos, mesmo. Mas, iss...

Expectador (Outro)

Por enquanto, há certos abusos, mesmo. Mas, isso é bom para que maus pagadores sintam a dor que sempre sentiram os credores relegados à injustiça ... A dor no bolso faz muito bem de vez em quando!

...para defender os interesses dos empresários ...

Robespierre (Outros)

...para defender os interesses dos empresários o articulista não carecia de tantos exercícios linguísticos. a penhora on line veio para os maus empresários, que se lixam para os que trabalharam em suas empresas. deve continuar e veremos como a esperteza diminuirá.

Moral da história: pagar direitos trabalhistas ...

Jobson Mauro (Outros)

Moral da história: pagar direitos trabalhistas corrói a economia do Brasil! Bem fazem os bancos que não precisam sequer de Justiça para satisfazer seus créditos com juros na casa dos dois dígitos por mês. Que cara-de-pau!

O pior é quando a Justiça Especializada bloquei...

alvaromaiaadv (Advogado Autônomo)

O pior é quando a Justiça Especializada bloqueia as contas de quem nem citado no processo de execução foi. (CASO REAL): Acaba-se o processo de conhecimento, daí o Reclamanete pede pra o juiz bloquear as contas dos sócios da empresa reclamada independente de citação. O juiz vai e bloqueia. O crédito exequendo era de R$ 9.000,00 (nove mil), o juiz bloqueia mais de R$ 50.000,00 (cinquenta mil), nunca vi tamanha heresia e aberração jurídica. É o cúmulo. Para agilizar o processo do trabalho rasga-se a constituição, esquecem que existe citação, nomeação de bens, embargos, direito de defesa, etc. FLEXIBILIZAÇÃO DOS DIRETOS TRABALHISTAS JÁ, URGENTE, IMEDIATAMENTE, chega de farra !

O problema maior, é que o Bloqueio Online já ch...

Josimar (Consultor)

O problema maior, é que o Bloqueio Online já chegou às pessoas físicas ( Trabalhadores comuns ) que tem os seus salários bloqueados mesmo os salários sendo impenhorável conforme legislação em vigor. Muitos aposentados e trabalhadores que por uma adversidade momentanea não conseguiram honrar seus compromissos, como desemprego, doença etc.., ficam à mercê deste procedimento radical. O correto, seria no caso das instituições financeiras,pararem de oferecer dinheiro como se fosse banana, pois muitas financeiras, oferecem até prêmios para quem pegar empréstimo e na maioria das vezes quando caem na real, já virou uma bola de neve. Muitos pegam empréstimo até pela possibilidade de ganhos oferecidos do que propriamente pela necessidade. Nestes casos as Financeiras também tem sua parcela de responsbilidade.

Para fazer um artigo deste só pode ser advogado...

Ruberval, de Apiacás, MT (Engenheiro)

Para fazer um artigo deste só pode ser advogado de empresas. Ainda não vi excesso de bloqueio tampouco vi alguma empresa pagar corretamente seus empregados. Esse posicionamento, contra a penhora on line foge do convencional, pois até hoje apenas os devedores se beneficiaram do sistema processual que exarceba o conceito de que a execução tem que ser o menos penoso para o executado.

ESTÁ NA HORA DOS QUE TÊM O PODER DE BLOQUEAR FU...

A.G. Moreira (Consultor)

ESTÁ NA HORA DOS QUE TÊM O PODER DE BLOQUEAR FUNDOS, ILÍCITA OU DESNECESSÁRIAMENTE, SEREM RESPONSABILIZADOS PELOS PREJUÍZOS QUE CAUSAM . POR OUTRO LADO, O BLOQUEIO DE VALORES DE UMA EMPRESA, APENAS, PARA GARANTIR O PAGAMENTO A UM CREDOR, ( que discute judicialmente valores ) CAUSA O NÃO PAGAMENTO DE SALÁRIOS DE CENTENAS QUE ESTÃO TRABALHANDO, ALÉM DE ENERGIA ELÉTRICA E OUTROS SERVIÇOS PÚBLICOS, QUE PARALISAM A EMPRESA . EM ÚLTIMO CASO, NÃO SOU CONTRA O BLOQUEIO DE VALORES, PARA GARANTIR DÉBITOS. ENTRETANTO, DESDE QUE O BLOQUEIO SEJA FEITO EM VALORES PROPORCIONAIS AO DÉBITO DISCUTIDO, E NÃO, IRRESPONSAVELMENTE, SOBRE A TOTALIDADE QUE ESTIVER DEPOSITADA EM CONTA CORRENTE BANCÁRIA .

Concordo com a matéria. O que mata na penhora ...

Roselane (Advogado Autônomo - Família)

Concordo com a matéria. O que mata na penhora on line é o excesso da própria Justiça do Trabalho, ainda mais que é morosa e desgastante.

Comentar

Comentários encerrados em 12/10/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.