Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Defesa do cofre

Serra indica Marcos Nusdeo para a Procuradoria-Geral do Estado

O procurador Marcos Nusdeo, 45 anos, comandará a Procuradoria-Geral do Estado de São Paulo a partir de 2007. O anúncio foi feito pelo governador eleito José Serra nesta segunda-feira (27/11).

Presidente da Associação dos Procuradores do Estado de São Paulo (Apesp), Nusdeo chefiará o setor estatal que, nos últimos quatro anos, transportou R$ 2 bilhões da dívida ativa paulista para os cofres públicos. Em entrevista que deu em julho à revista Consultor Jurídico (Clique aqui para ler), Nusdeo revelou que em 1995 a arrecadação da Procuradoria era de R$ 222 milhões. “Em 2005, nós passamos um pouco dos R$ 600 milhões”, afirmou na ocasião.

Sob o comando de Nusdeo, as anistias devem ser escassas. Para o procurador, conceder anistia fiscal pode até aumentar a arrecadação em curto prazo, mas deseduca o cidadão. “Ele pergunta: ‘Por que é que eu vou pagar? É só esperar que daqui a um ano vem outra anistia’.”

Marcos Nusdeo contou que o trabalho contencioso da Procuradoria fez o estado de São Paulo economizar R$ 1 bilhão em um único precatório. “Era o melhor negócio da China. Já imaginou? O fato de ter um terreno desapropriado equivale a ganhar a mega-sena várias e várias vezes.”

O novo procurador-geral do Estado é professor de Direito Constitucional da Faap, procurador do Estado desde 1989 e antes trabalhou por seis anos num dos maiores escritórios de advocacia do país, o Machado, Meyer, Sendacz e Opice. Na Apesp, Nusdeo foi diretor financeiro por duas gestões consecutivas (de 2002 a 2006) e foi eleito presidente em 9 de março de 2006, com mandato até março de 2008.

Revista Consultor Jurídico, 28 de novembro de 2006, 12h25

Comentários de leitores

3 comentários

Meus mais efusivos cumprimentos ao Dr. Marcos N...

GILDA FIGUEIREDO FERRAZ DE ANDRADE (Advogado Sócio de Escritório - Trabalhista)

Meus mais efusivos cumprimentos ao Dr. Marcos Nusdeo, nascido em uma família de juristas, filho do i. e querido Prof. Fábio Nusdeo de quem fui aluna e com quem estagiei no então escritório MOURA,TEIXEIRA,GOUVÊA E SILVA ADVOGADOS. Marcos é irmão do não menos brilhante Promotor Dr. Luiz Nusdeo e da Profa. Ana Nusdeo. Parabéns ao Governador Serra que acerta na escolha do Procurador-Geral do Estado dentre os integrantes efetivos de carreira indicando um legítimo representante eis que foi Dr. Marcos foi eleito Presidente da Apesp por seus pares no início do ano. Novamente parabéns ao Governador Serra pela feliz escolha e desejar ao querido amigo Marcos uma exelente gestão frente à PGE. Deixo também meu abraço aos familiares, seus irmãos, Luiz e Ana,e muito especialmente ao Prof. Fábio Nusdeo, seu pai. Gilda Figueiredo Ferraz de Andrade Advogada

Parabéns! 1. Parabéns inicialmente ao Procur...

Alochio (Advogado Sócio de Escritório - Administrativa)

Parabéns! 1. Parabéns inicialmente ao Procurador Dr. Nusdeo pela condução ao Cargo de Procurador Geral do Estado de São Paulo. 2. Ao depois, parabéns ao Governador do Estado, por ter escolhido seu Procurador Geral dentre os integrantes EFETIVOS da própria carreira da PGE-SP. 3. A escolha, a um só tempo enaltece o profissional e toda a advocacia pública. Que o exemplo seja seguido pelas demais esferas da Advocacia Pública Nacional (Procuradoria da Fazenda nacional, Advocacia da União, Procuradorias de Estados e de Municípios, etc...).

Venho parabenizar e desejar uma excelente gestã...

Procurador do Estado de São Paulo (Procurador do Estado)

Venho parabenizar e desejar uma excelente gestão ao Dr. Marcos Nusdeo frente a PGE. José Serra foi muito feliz na escolha. Acabou por referendar a vontade da classe, já que eleito no início do ano Presidente da APESP. Tenho certeza de que seus anseios como Presidente da APESP vão permanecer quando Procurador Geral do Estado. Quem ganha com isso? Certamente a sociedade (interesse público primário). Manoel José de Paula Filho

Comentários encerrados em 06/12/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.