Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Questão de ordem

STM presta homenagem a Sérgio Vieira de Mello

Por 

Prestes a completar 198 anos no sábado, o Superior Tribunal Militar prestará nesta sexta-feira (31/3) a primeira condecoração póstuma de sua história, com a entrega da Ordem do Mérito Judiciário Militar, em alta distinção, para Sérgio Vieira de Mello, representante especial da ONU no Iraque, morto num atentado terrorista junto com outras 17 pessoas, em agosto de 2003. A cerimônia está marcada para as 10h, no pátio em frente ao edifício-sede do STM.

Para que a homenagem fosse realizada, o órgão modificou ano passado seu regimento interno. Antes, apenas pessoas vivas e corporações eram agraciadas na solenidade, que coincide com o aniversário do tribunal. O evento é preparatório da grande festa que marcará o bicentenário do STM, em 2008.

Nesta sexta-feira, as quatro corporações homenageadas serão o Comitê Internacional da Cruz Vermelha, a Secretaria de Economia e Finanças da Aeronáutica, o Centro de Perícias Médicas da Marinha e o Comando de Aviação do Exército, além de 172 personalidades civis e militares, entre elas, o presidente da Câmara dos Deputados, Aldo Rebelo, o presidente do TCU, Adylson Motta e o procurador geral da República, Antonio Fernando Barros e Silva de Souza, estes três com a Grã-Cruz, categoria máxima.

 é jornalista.

Revista Consultor Jurídico, 30 de março de 2006, 14h43

Comentários de leitores

1 comentário

Sérgio Vieira de Mello morreu com a inocência d...

Comentarista (Outros)

Sérgio Vieira de Mello morreu com a inocência de quem é usado como verdadeira "isca viva" num campo de carnificina como é o Iraque. Os estadunidenses sabem muito bem como mandar estrangeiros ao sacrifício gratuito e barato em nome de causas - digamos - "petrolíferas", pois é exatamente isso que fizeram com o pobre representante brasileiro. No mais, resta a nós - brasileiros - externarmos nossas mais sinceras condolências à família do homenageado, pois os seus filhos certamente choram sua desnecessária ausência...

Comentários encerrados em 07/04/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.