Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Eleições no MP-SP

Termina votação no MP-SP e resultado sai ainda neste sábado

Terminou a eleição para a escolha do novo chefe do Ministério Público paulista. A apuração ainda não começou devido ao atraso na chegada das urnas das regiões de Ribeirão Preto e Franca, interior de São Paulo. A previsão é a de que a contagem dos votos seja iniciada depois das 20h, mas o resultado deverá ser conhecido ainda na noite deste sábado (25/3).

No último biênio, o cargo de chefe do Ministério Público foi exercido pelo procurador Rodrigo Pinho, afastado da função para concorrer às eleições. Além de Pinho, três candidatos concorrem ao cargo de procurador-geral de Justiça: Carlos Henrique Mund, Luís Daniel Pereira Cintra e René Pereira de Carvalho.

Os três mais votados comporão uma lista tríplice que será encaminha ao governador Geraldo Alckmin, a quem caberá escolher o chefe do MP de São Paulo para o biênio 2006-2008.

Neste sábado, o governador anunciou que antecipa sua saída do cargo em um dia. Em entrevista, afirmou que vai deixar o Palácio dos Bandeirantes na próxima quinta-feira (30/3). Disse, ainda, que ele mesmo vai escolher o novo procurador-geral de Justiça. Ou seja, não deixará a tarefa para seu substituto, o vice-governador Cláudio Lembo (PFL).

Quem for ungido será responsável pela continuidade de algumas das investigações mais importantes do país, como a apuração do assassinato do ex-prefeito de Santo André, Celso Daniel; o recurso contra a absolvição do coronel Ubiratan Guimarães, acusado de comandar o massacre do Carandiru; e casos que envolvem ex-governantes, como o ex-prefeito Paulo Maluf.

Revista Consultor Jurídico, 25 de março de 2006, 19h30

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 02/04/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.