Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Sem acordo

TST julga dissídio coletivo dos funcionários da Ferronorte

O ministro Barros Levenhagen, do Tribunal Superior do Trabalho, vai julgar o dissídio coletivo dos funcionários da Ferronorte S/A, já que a empresa e a Federação Nacional dos Trabalhadores Ferroviários não chegaram a um acordo.

A audiência anterior, feita no dia 13 de março, foi suspensa devido ao impasse sobre a representatividade sindical da categoria. As partes também não chegaram a um acordo sobre a instauração do dissídio – condição necessária para o ajuizamento da ação. Esses temas serão examinados pela Seção Especializada em Dissídios Coletivos na ocasião do julgamento.

DC 165.941/2006.4

Revista Consultor Jurídico, 20 de março de 2006, 16h36

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 28/03/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.