Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Ofensa à honra

PT pede suspensão da propaganda partidária do PFL

O PT requereu ao Tribunal Superior Eleitoral a suspensão de parte do programa do PFL por utilizar imagem de membros do PT em contexto que os associa a práticas criminosas. O relator da representação é o ministro Gomes de Barros, corregedor da Justiça Eleitoral.

Na representação, o PT sustenta que o PFL desrespeitou a Lei dos Partidos Políticos ao desviar a finalidade da propaganda partidária utilizando imagens que distorcem os fatos e ofendendo a honra de integrantes do partido que são cogitados como pré-candidatos em seus estados.

O programa do PFL que foi ao ar na terça-feira passada (7/3) e está programado para ser veiculado também nesta quinta (9/3) e nos dias 11, 14, 16, 18, 21 e 23 de março.

RP 888

Revista Consultor Jurídico, 9 de março de 2006, 17h31

Comentários de leitores

1 comentário

Isso mesmo, temos o direito de saber o que este...

ze ruy (Serventuário)

Isso mesmo, temos o direito de saber o que estes inocentes andam fazendo no governo

Comentários encerrados em 17/03/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.