Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Dinheiro da previdência

Eurico Miranda é denunciado por apropriação indébita

Eurico Miranda, o presidente do Vasco da Gama, um dos grandes clubes de futebol do Rio de Janeiro, está sendo acusado de apropriação indébita previdenciária.

A denúncia, apresentada pelo Ministério Público Federal à 4ª Vara Federal Criminal do Rio, atinge também Antônio Soares Calçada, presidente do clube entre 1983 e 2001, e Amadeu Pinto da Rocha, vice-presidente de 1989 a 2001.

De acordo com o MPF, como responsáveis pela gestão administrativa e financeira do clube, os acusados deixaram de recolher contribuições previdenciárias no valor de R$ 2,1 milhões. A prática do delito foi demonstrada no relatório de um procedimento administrativo instaurado pelo INSS.

A pena para o crime é de dois a cinco anos de reclusão, além de multa. O MPF pediu o aumento da pena, de um sexto a dois terços, pois o crime teria sido praticado mais de uma vez. Assina a denúncia o procurador da República Leonardo Cardoso de Freitas.

Revista Consultor Jurídico, 8 de março de 2006, 15h26

Comentários de leitores

1 comentário

O pior de tudo é nada vai acontecer com esses a...

ziminguimba (Outros)

O pior de tudo é nada vai acontecer com esses anjinhos. Me faz lembrar uma certa vez quando o tal Eurico Miranda trazia em seu automóvel particular a renda do jogo do Vasco e o dinheir sumio sob a alegação de ter sido assaltado?

Comentários encerrados em 16/03/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.