Consultor Jurídico

Notícias

TV em cadeia

MP-SP vai investigar origem de TVs que chegaram a presídio

Comentários de leitores

5 comentários

No "ritmo em que vai a festa" , nem...

hammer eduardo (Consultor)

No "ritmo em que vai a festa" , nem ficaria muito surpreso se os tais aparelhos de TV fossem oriundos de carga roubada. Independente de saber se foram compradas nas Casa Bahia ou Ponto Frio , os lamentaveis episodios de São Paulo serviram apenas para levantar de forma irrefutavel o tapete da sujeira que encobre o sistema carcerario Brasileiro como um todo. Apesar de que tenho lido aqui varios elogios rasgados ao Secretario Furukawa , fica muito dificil aceitar essas estorinhas devidamente engarrafadas e disponiveis na midia de que "nunca houve acordo com o pcc" ou essa mais estranha ainda em que literalmente aparecem do nada 28 TV's e como sempre, TUDO BEM! O sistema esta tão apodrecido que nem se sabe quem deu a ordem para que entrassem nos presidios ou sequer a origem , é o maximo da esculhambação e falta de controle, isso para não usarmos termos mais improprios neste site. Ficou muito claro tambem o total despreparo desse vetusto senhor Lembo que de repente "caiu" no governo de São Paulo por conta de uma dessas engenharias politicas que tanto contribuem para o atraso da Nação . O cara esta mais perdido do que "cachorro que caiu do caminhão de mudanças" como costuma comparar o Faustão. Infelizmente um despreparado num lugar de alta responsabilidade como o Governo do primeiro estado da federação , so podia dar nisso mesmo. O estado brasileiro como um todo esta falido a muito tempo e agora ficou muito claro quem realmente manda "quando quer". O atual recuo do tal marcola e seus acolitos do PCC deverá durar um tempo cuidadosamente cronometrado quando mais uma vez a desmoralização do estado será evidenciada. Urge que se façam mudanças emergenciais como o isolamento dessas FERAS que foram responsaveis por mais de 100 mortes fora as centenas de milhões de reais de prejuizo e o terror que não tem como ser mesurado. De Gaulle estava certissimo quando disse que isso aqui não era um Pais serio , ousaria mesmo dizer que Ele foi ate humilde nas suas declarações.

hummmm... já resolveram o caso dos celulares ? ...

Sérgio Paganotto (Advogado Autônomo - Criminal)

hummmm... já resolveram o caso dos celulares ? e as drogas ? a não... primeiro vai ser o mais importante... pizza... a não pizza não x-picanha com fritas... humm... que vontade de ser preso....

Será que o MP pediu autorização para o Marcola?

Jose Antonio Dias (Advogado Sócio de Escritório - Civil)

Será que o MP pediu autorização para o Marcola?

O ministério Público nunca se preocupou com a o...

Rodrigo  (Advogado Autônomo)

O ministério Público nunca se preocupou com a origem dos televisores que sempre entraram nos presídios. Mais uma vez, a televisão impulsiona os nossos órgãos, Judiciário e MP. Deveriam agir sempre assim, sem a necessidade das reportagens distorcidas da TV, que são de acordo com a opinião dos editoriais, na grande maioria, reacionários. Sobre as concessões do Dr. Nagashi, caso não as fizesse a situação e o caos urbano estaria muito pior. o endurecimento das Leis não está adiantando nada, tendo em vista o tempo máximo de permanência no RDD, já ter sido aumentado de 6 meses para um ano.

O Dr. Nagashi Furokawa é pessoa honrada. Foi a...

Rossi Vieira (Advogado Autônomo - Criminal)

O Dr. Nagashi Furokawa é pessoa honrada. Foi autoridade policial e magistrado. Honrou o distintivo e a toga. Ainda honra. É secretário de Estado. Recebeu milhares de presos da Secretaria de Segurança Pública, limpando as Delegacias de Polícia. Inaugurou diversos CDP`s em São Paulo. Quem conhece as Penitenciárias do Estado, no interior, fica abismado com a forma de civilidade adotada nos campos prisionais. Preserva a dignidade do preso. O Dr. Nagashi é homem de extrema confiança. Insuspeito. Merece absoluto respeito do Ministério Público de São Paulo. Os televisores sempre existiram, (até como cultura ) na vida dos presidiários brasileiros. A escova de dente e papel higiênico é a família do preso quem dá. As televisões também. Minha total e absoluta solidariedade ao Secretário de Estado Nagashi, pessoa que modificou positivamente as Penitenciárias do Estado de São Paulo. Nagashi dinamitou o Carandiru. Isso basta! Otávio Augusto Rossi Vieira, 39 advogado criminal em São Paulo Coordenador da Comissão de Política Criminal e Penitenciária da OAB/SP

Comentar

Comentários encerrados em 26/05/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.