Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Júnior não é Filho

Veja acusa Palocci Junior como se fosse Palocci Filho

Por 

O ex-ministro da Fazenda, Antônio Palocci Filho, vai entrar na próxima semana com ação civil indenizatória conta a revista Veja e contra o banqueiro Daniel Dantas, do Banco Opportunity. A decisão foi tomada nesta segunda-feira (15/5) em reunião mantida por Palocci e a sua equipe de advogados de defesa, capitaneada pelo criminalista José Roberto Batochio, na cidade de Ribeirão Preto, no Interior de São Paulo.

A defesa do ex-ministro Antonio Palocci Filho vai se fiar no argumento de que a documentação fornecida pelo agente Holder ao banqueiro Dantas é uma “falsificação primitiva”, uma vez que Palocci (que aparece na papelada como detentor de US$ 2 milhões no exterior) consta do documento com o nome “grotescamente imitado”.

Na papelada fornecida pelo ex-agente da CIA a Dantas, o ex-ministro Antônio Palocci Filho aparece com o nome de “Antonio Palocci Junior” –o que é tido como uma adaptação livresca do norte-americano Holder, que ao forjar os documentos teria traduzido “filho” para “junior”. Um dos advogados de Palocci chegou a satirizar a suposta falsificação alegando que “quem quer manter dinheiro lá fora, como mostra a crônica dos jornais sobre esses casos, não põe o nome falso dessa forma”

A decisão de Palocci foi tomada no mesmo dia em que a PF divulgou a abertura de inquérito para apurar a denúncia, publicada na última edição da revista Veja, de que autoridades do governo, entre as quais o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, manteriam contas bancárias ilegais no exterior.

Veja sustentou que Daniel Dantas é o mentor da lista, que cita não só o presidente Lula como também o ministro da Justiça Márcio Thomaz Bastos, o diretor-geral da PF, delegado Paulo Lacerda, os ex-ministros José Dirceu e Antonio Palocci, o senador Romeu Tuma (PFL-SP) e o assessor especial da Presidência da República Luiz Gushiken.

Daniel Dantas teria contratado o ex-agente da Central de Inteligência Americana (CIA), Frank Holder, para investigar o governo Lula –da mesma forma que fez com a Kroll Associates, a maior empresa de investigações privadas do mundo.

Numa nota divulgada na segunda-feira, o banqueiro Daniel Dantas disse que não encomendou "nenhuma investigação de qualquer natureza sobre atividades ou pessoas do governo federal ou de qualquer autoridade".

 é repórter especial da revista Consultor Jurídico

Revista Consultor Jurídico, 16 de maio de 2006, 17h21

Comentários de leitores

9 comentários

Ué?? Denunciar não é um instrumento licito d...

Caos (Consultor)

Ué?? Denunciar não é um instrumento licito de estados autoritários? Acho que alguem devia avisar a revista oia que a tal da ditadura já acabou então. Mas ... quem sabe, talvez a óia esteja certa. Num acabou ditadura nenhuma, e devem todos denunciar todos. Se ela estiver certa, então vou denunciar a Veja - Sabe pessoas, os jornalistas da Veja são todos mentirosos. Eles acham que a lei da imprensa é feita para proteje-los. Afinal é só dizer qu o junior disse que o filho disse ... e até se provar que junior não é filho o tal do difamado já tá no olho da rua. Sem perdão, num é?

FINALMENTE A DIFAMADORA DA PERSONALIDADE ALHEIA...

celso (Advogado Autônomo)

FINALMENTE A DIFAMADORA DA PERSONALIDADE ALHEIA E INSTRUMENTO DA EXTREMA DIREITA PARA DERRUBAR O PRESIDENTE LULA, FOI PEGO COM A BOCA NA BOTIJA, AO PUBLICAR MATÉRIA ARRANJADA, E COM ELA O FAMIGERADO DIOGO MAINARDI E OUTROS....NÃO ESCAPARÃO SEM PAGAR ATÉ O ÚLTIMO CENTAVO...ERA SÓ ESPERAR QUE PESSAS QUE AGEM COM BURRICE E POR ÓDIO UMA DIA PROVARIA D PRÓPRIO VENENO, MEXER COM A CUPULA DA POLÍCIA FEDERAL...TENHO DÓ DESTE POVO E PRINCIPALMENTE DO TRESLOUCADO DIOGO MAINARDI....AGORA VAI EXPERIMENTAR COM CAMACHO O FUNDO DE UMA PRISÃO E COM AQUELE CABELÃO..COITADO....A IMPRENSÃO NO ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO É PARA NOTICIAR E NÃO ACHINCALHAR E SER INSTRUMENTO DE CONSPIRAÇÃO....DA EXTREMA DIREITA ..

A revista Veja merece os parabéns por tudo o qu...

Francisco Sato (Jornalista)

A revista Veja merece os parabéns por tudo o que vem denunciando e tornando público aquilo que as autoridades vêm descaradamente encobrindo. É jornalismo sério, necessário para uma verdadeira democracia. A matéria em questão é bem clara quanto a origem das denúncias. A revista deve seguir adiante com as denúncias e não se intimidar com essas bravatas. Afinal, quem está enrolado com a Justiça em Ribeirão? Quem freqüentava aquela mansão em Brasília, desmentiu e depois quebrou o sigilo do pobre caseiro?

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 24/05/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.