Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Fala, garoto

Garotinho obtém direito de resposta no Globo e na Veja

O ex-governador e presidente do PMDB no Rio de Janeiro, Anthony Garotinho, obteve direito de resposta no jornal O Globo e na revista Veja. A decisão é da Justiça do Rio. Se as duas publicações não cumprirem a determinação, terão de pagar multas diárias de R$ 35 mil e R$ 50 mil, respectivamente. Cabe recurso.

A revista Veja foi condenada pelo juiz Carlos Eduardo Moreira da Silva, da 31ª Vara Cível do Rio e, de acordo com a sentença, está obrigada a ceder a capa e oito páginas da próxima edição para Garotinho rebater a reportagem publicada a seu respeito.

Carlos Eduardo considerou que a revista do dia 3 de maio, com reportagem de capa intitulada Os 7 pecados capitais da política, “não teve o mínimo cuidado para resguardar os direitos constitucionais do autor, não traduzindo toda a verdade dos fatos”.

“É certo que as pessoas públicas estão afeitas à exposição de suas atividades e postura social aos efeitos da mídia, sejam eles positivos e negativos, devendo ser ressaltado que os fatos verdadeiros devem chegar ao conhecimento da sociedade, a fim de que seus integrantes possam exercer o controle de seus representantes políticos. No entanto, as notícias não podem ser truncadas, nem deixar margem para interpretação duvidosa”, assinalou o juiz.

Já o jornal O Globo terá de destinar uma chamada na capa e o mesmo espaço da reportagem Garotinho usou avião de bandido, do dia 30 de abril. A sentença é da juíza Fernanda Sepúlveda Telles, da 18ª Vara Cível.

Fernanda Telles entendeu que existem documentos no processo que comprovam que a aeronave em que ele viajou estava arrendada pela empresa Construfert Ambiental, e que seus sócios não conheceram ou mantiveram contato com João Arcanjo Ribeiro, tido como chefe do crime organizado em Mato Grosso.

De acordo com a juíza, é “evidente e fundado o receio do autor em relação à reparação dos danos causados à sua imagem e reputação, considerando-se a sua condição de homem público e de pré-candidato à Presidência da República”.

Revista Consultor Jurídico, 11 de maio de 2006, 16h25

Comentários de leitores

4 comentários

Entendo que a imprensa deve informar a todos os...

dss (Advogado Autônomo)

Entendo que a imprensa deve informar a todos os brasileiros as falcatruas de todos os Governadores, Deputados, Senadores, etc. O jornal o globo e a revista veja fizeram seu papel ao informar o público, não cabendo reparação no que foi publicado. Ultimamente neste país, temos várias demonstrações de que os poíticos mesmo pegos em mentiras e armações, tendem a dizer que não estão fazendo nada e não sabem de nada. A justiça não deve servir de biombo para esconder estas máfias, pois, se houver corrupção, a imprensa deve informar, a poílicia deve investigar, o ministério público deve denunciar e o juiz deve julgar para ver se conseguimos melhor este país.

ESSAS DUAS EDITORAS (GLOBO + VEJA), TODOS OS BR...

Pirim (Outros)

ESSAS DUAS EDITORAS (GLOBO + VEJA), TODOS OS BRASILEIROS SÃO SABEDORES DE SUA "(IN)CONPETENCIA" DE QUE QUERENDO AS MESMAS PODEM FAZER DE "UM MENTIROSO, O MAIS HONESTO DE TODOS OU DO MAIS ÉTICO O MAIS BANDIDO DE TODOS!" NÃO PROCURA MOSTRAR A VERDADE DOS FATOS. PARABÉNS O JUDICIÁRIO FLUMINENSE POR ASSIM AGIR!!!!

Ás vezes temos boas demonstrações de que pode...

esronvs (Vendedor)

Ás vezes temos boas demonstrações de que podemos continuar acreditando nas instituições. Devemos parabenisar estes dois magistrados pela coragem e bom senso. Eu acredito na justiça sempre acima da lei e não abaixo, pois existem muitas falhas na lei, por serem redigidas por parlamentares comprometidos com seus patrocinadores. Neste caso específico está havendo muito abuso da liberdade necessária de imprensa. Donos de meios de comunicação, querem transformar seus veículos em o quarto poder. Desempregando verdadeiros jornalistas e empregando profissionais de jornalismo( acabam com a verdadeira liberdade de imprensa). Ao meu ver a revista acima citada está se comportando como politicopartidária. Comentário correto de EMBIRA. Se fosse um veículo democrático teria peso igual para todos, teria colunista de extrema direita e de extrema esquerda tambem. Não ficaria só com um tipo de imbecil.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 19/05/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.