Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Máfia das ambulâncias

Categoria apóia delegado que comandou Operação Sanguessuga

A Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal divulgou nota em defesa do delegado de Polícia Federal Tardelli Boaventura, que coordenou a Operação Sanguessuga.

Para a associação, em nenhum momento os acusados de integrar a máfia das ambulâncias (alvos da operação) ameaçaram o jornalista Lucio Vaz, repórter do Correio Braziliense. Os delegados afirmaram que a operação foi acompanhada pelo Ministério Público e por um juiz e, por isso, essa ameaça não pode ter ocorrido. “A garantia da segurança do profissional de comunicação foi efetiva, o que assegurou sua integridade e o êxito operacional,” diz a nota.

NOTA DE DESAGRAVO - OPERAÇÃO SANGUESSUGA

A Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal, por sua Comissão de Prerrogativas - CP/ADPF vem a público desagravar a honra e imagem do Delegado de Polícia Federal TARDELLI BOAVENTURA, que, com dignidade e altivez, no estrito cumprimento do seu dever legal, conduziu e coordenou, exemplarmente, a Operação Sanguessuga. Em nenhum momento o jornalista cuja referência é feita no inquérito policial foi ameaçado ou constrangido e os alvos da operação foram constantemente monitorados, com ciência do Ministério Público e do magistrado, nos termos do art. 6º, § 2º da Lei nº. 9.296/96. A garantia da segurança do profissional de comunicação foi efetiva, o que assegurou sua integridade e o êxito operacional. Não houve divulgação de lista de parlamentares pela Polícia Federal e essa imputação a qualquer integrante da equipe é precipitada. A ADPF reafirma seu compromisso de defender os associados que estejam sendo vilipendiados em decorrência de atos e manifestações inerentes às atribuições do cargo e ao livre exercício regular das funções públicas de Polícia Judiciária da União.

Revista Consultor Jurídico, 10 de maio de 2006, 20h47

Comentários de leitores

10 comentários

Parabéns a ADPF pelo apoio ao amigo Dr. Tardell...

Márcio Derenne (Delegado de Polícia Federal)

Parabéns a ADPF pelo apoio ao amigo Dr. Tardelli. É o início de uma nova gestão promissora em nossa associação! Sou contra o corporativismo desnecessário e desprovido de razão, mas no caso em tela, a defesa das prerrogativas da autoridade policial se faz necessária! Um polícia com autonomia e independente traria muito mais segurança aos cidadãos brasileiros. É hora de repensarmos os organismos de segurança pública em nosso país.

Não apenas a Categoria de Delegados de Polícia ...

JFreitas (Delegado de Polícia Federal)

Não apenas a Categoria de Delegados de Polícia Federal, mas, creio eu, pelo que tenho ouvido, toda a sociedade brasileira, somente tem elogios a ação e competência com que a Operação foi conduzida.

Parabéns ao colega Tardelli e a toda equipe da ...

DPF Adriano (Delegado de Polícia Federal)

Parabéns ao colega Tardelli e a toda equipe da SR/MT pelo planejamento, execução e suporte da Operação Sanguessuga, sem olvidar das demais Descentralizadas que com excelência levaram a termo os cumprimentos das devidas ordens judiciais em prol de prisões cautelares e buscas. Noutro giro, parabéns a ADPF pelo seu pronto posicionamento defendendo a honra e a imagem do colega Tardelli. A Polícia Federal somos todos nós! DPF Adriano

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 18/05/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.