Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Caso Pimenta Neves

Sentença do caso Pimenta Neves deve ser proferida nesta sexta

O juiz Diego Ferreira Mendes retoma no final da manhã desta sexta-feira (5/5) o julgamento do jornalista Marco Antônio Pimenta Neves, réu confesso do assassinato da ex-namorada e ex-subordinada Sandra Gomide. O júri, que acontece na cidade de Ibiúna, interior de São Paulo, já dura três dias. A sentença deve sair ainda nesta sexta.

O crime ocorreu em 20 de agosto de 2000. Pimenta Neves matou Sandra Gomide com dois tiros disparados a queima-roupa. A alegação é de que o jornalista estava transtornado porque tinha sido abandonado pela namorada.

O julgamento do jornalista foi interrompido à 1h15 desta sexta-feira, logo depois de a defesa apresentar a sua tese. A sessão será retomada, às 11 horas desta sexta-feira, com a réplica da acusação. Depois será realizada a tréplica da defesa para então os jurados se reunirem para votar. Os debates finais estão sendo feitos em sigilo, com a presença apenas do juiz, do promotor e o assistente de acusação, o réu, seus defensores e os jurados.

Revista Consultor Jurídico, 5 de maio de 2006, 10h16

Comentários de leitores

1 comentário

Não compreendi a notícia. Tribunal do Júri com...

Rossi Vieira (Advogado Autônomo - Criminal)

Não compreendi a notícia. Tribunal do Júri com portas fechadas nunca vi, especialmente num Estado Democrático de Direito. Entendo até, mesmo com a ciência da defesa, tratar-se de evidente causa de nulidade. Portas fechadas de Tribunal somente vi em Cuba. Enfim... Otavio Augusto Rossi Vieira, 39 advogado criminal em São Paulo

Comentários encerrados em 13/05/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.