Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Dever de cuidar

Município tem de fornecer remédio fora da lista do SUS

Saúde é matéria de competência da União, estados e municípios. Assim, o cidadão doente pode exigir medicamento e exames não cobertos pelo SUS — Sistema Único de Saúde a qualquer um desses entes públicos.

O entendimento é da 2ª Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, que manteve a obrigação de o município de Ponte Serrada fornecer os remédios Carbolitium 450, Dalforin 20 mg e Tegretol 400 mgcr para uma paciente que sofre de depressão. Cabe recurso.

A administração do município se negava a fornecer os remédios porque não estavam incluídos na lista do SUS. No entanto, a primeira instância da Justiça catarinense deu liminar obrigando o fornecimento e a decisão foi mantida pelo TJ.

Apelação Cível 2006.001018-8

Revista Consultor Jurídico, 28 de junho de 2006, 12h39

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 06/07/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.