Consultor Jurídico

Judiciário online

Operadores da Justiça virtual fazem encontro em Brasília

Estudar as experiências com a tramitação eletrônica de processos na Justiça brasileira é o objetivo do Encontro dos Operadores da Justiça Virtual, que acontece entre os dias 28 e 30 de junho, no Hotel Carlton, em Brasília. A expectativas é de que o encontro mostre os caminhos para se chegar a um sistema único para todo o Judiciário.

Palestras da presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Ellen Gracie; do presidente Superior Tribunal de Justiça, ministro Raphael de Barros Monteiro Filho e do ministro Fernando Gonçalves, coordenador-geral da Justiça Federal, abrem o seminário.

Pelo processo virtual, toda a tramitação é feita eletronicamente, por intranet e internet, o que facilita e agiliza o trabalho de todos os envolvidos. Além disso, o processo fica mais transparente, já que os andamentos ficam disponíveis permanentemente na internet.

O encontro é resultado de um trabalho conjunto do Conselho Nacional de Justiça e do Conselho da Justiça Federal, com apoio da AMB — Associação dos Magistrados Brasileiros, da Anamatra — Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho e da Ajufe — Associação dos Juízes Federais do Brasil.

Magistrados, membros do Ministério Público, da Defensoria Pública e da Advocacia-Geral da União, assim como servidores de órgãos do Judiciário de todo o país participam do evento.

Veja a programação completa

Encontro dos Operadores da Justiça Virtual

28 de junho – quarta-feira

17h — Recepção e entrega de material

19h — Abertura: Ellen Gracie Northfleet, presidente do Supremo Tribunal Federal e do Conselho Nacional de Justiça; Barros Monteiro, presidente do Superior Tribunal de Justiça e do Conselho da Justiça Federal; Fernando Gonçalves, ministro coordenador-Geral da Justiça Federal e diretor do Centro de Estudos Judiciários do Conselho da Justiça Federal

19h30 — Palestra: Deputado Federal José Eduardo Cardozo

20h — Coquetel de boas-vindas

29 de junho – quinta-feira

8h30 - 10h — 3 apresentações

10h - 10h15 — Coffe break

10h15 - 12h15 — 4 apresentações

12h15 - 13h30 — Intervalo/almoço

13h30 - 16h — 4 apresentações

16h - 16h15 — Coffe break

16h15 - 17h45 — 3 apresentações

17h45 — Reunião dos grupos de trabalho

Durante todo o dia o Comitê de observadores se reunirá para estudo e análise das apresentações.

30 de junho – sexta-feira

8h — Palestra: Advocacia Geral da União

8h30 — Palestra: Caixa Econômica Federal

9h — Reunião dos grupos de trabalho para consolidar a proposta

10h - 10h15 — Coffe break

10h15 — Retorno/reunião dos grupos

12h - 13h — Intervalo/almoço

13h — Apresentação do relatório final consolidado do Comitê de observadores e dos grupos de trabalho com sugestões para virtualização do Judiciário Brasileiro.

15h — Solenidade de Encerramento c/Painel-- AC-JUS

Coordenadores dos Grupos de Trabalho:

1.Representante do Poder Legislativo — Senado

2.Representante do Poder Legislativo — Câmara

3.Representante do Poder Executivo

4.Representante da AMB — Associação dos Magistrados Brasileiros

5.Representante da Ajufe — Associação dos Juízes Federais do Brasil

6.Representante da ANAMATRA — Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho

7.Representante da OAB — Ordem dos Advogados do Brasil

8.Ministro Corregedor do CNJ — Conselho Nacional de Justiça

9.Comissão de Informática do CNJ (2)

10.Comissão de Juizados do CNJ (2)

11.Ministro Coordenador do CJF

12.Representante do Ministério Público Federal

13.Representante da. Conamp — Associação Nacional dos Membros do Ministério Público

14.Representante da Advocacia Pública




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 23 de junho de 2006, 7h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 01/07/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.