Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Vaga do MP

STJ se reúne nesta quarta para escolher futuro ministro

O Pleno do Superior Tribunal de Justiça se reúne na tarde desta quarta-feira (7/6) para escolher os três membros do Ministério Público que vão compor a lista de onde sairá o novo ministro do tribunal. O STJ recebeu 67 nomes de interessados em concorrer à vaga aberta com a saída do ministro Edson Vidigal, que se aposentou em março passado.

O Ministério Público não teve representantes na eleição em nove estados. O grupo de candidatos tem representantes da PGR (6 candidatos), do MP de Alagoas (4), Amazonas (1), Bahia (3), Ceará (6), Distrito Federal (3), Espírito Santo (2), Goiás (6), Maranhão (2), Mato Grosso do Sul (6), Minas Gerais (3), Paraíba (3), Paraná (1), Pernambuco (1), Piauí (5), Rio Grande do Norte (6), Rondônia ( 2), Santa Catarina (1) e São Paulo (6).

Com a escolha da lista tríplice, em breve o STJ voltará a ter a sua composição completa. No próximo dia 14, tomarão posse os novos ministros Humberto Eustáquio Martins e Massami Uyeda, nomeados pelo presidente da República no último dia 26 de maio para as vagas dos ministros aposentados Franciulli Netto e Sálvio de Figueiredo Teixeira.

Ainda resta a vaga aberta com a aposentadoria do ministro José Arnaldo da Fonseca, que será ocupada por um representante indicado pela Ordem dos Advogados do Brasil. A lista tríplice formulada pelo STJ com os nomes dos advogados Paulo de Moraes Penalva Santos, do Rio de Janeiro, Maria Thereza Rocha de Assis Moura, de São Paulo, e Roberto Gonçalves de Freitas Filho, do Piauí, já está com o presidente da República para a indicação do futuro ministro.

Revista Consultor Jurídico, 7 de junho de 2006, 13h18

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 15/06/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.