Consultor Jurídico

Entrevistas

Filhotes da ditadura

O Estado brasileiro faz uma segurança envergonhada

Comentários de leitores

  • Página:
  • 1
  • 2

31 comentários

Um pais de que em cada 100 presos um é punido, ...

Luís da Velosa (Advogado Autônomo)

Um pais de que em cada 100 presos um é punido, seria melhor encerrar as portas prisionais. Não há aparelhamento legal, moral da tropa, seja lá o que for, que posssa, dentro desse estado de coisas, perseguir-se a justiça que vorre entre os duendes com mais verlocidade ainda e muito menos sábia e mais atordoada. RUY Barbosa, abstêmio, antetabagista, gosva de ler Tico-Tico e tomar um conhaquezinho antes do teatro, certamente jamais imaginou que a justiça correria como uma avestruz diante de certas absurdezas. Mas, aí está. Escorraçam a justiça, puxa vida!

Caros amigos. voltei para acrescentar: aqui n...

amorim tupy (Engenheiro)

Caros amigos. voltei para acrescentar: aqui no ES em um bairro Da cidade de CARIACICA , que fica próximo a escola da PM. Trabalhadores ficavam indignados com a PM que saia palas ruas as 05 horas da madruga marchando e repetindo : AQUI É A POLICIA MILITAR - ESTA NA HORA DE ACORDAR! , esqueciam os PM que muitos dos " dorminhocos' eram trabalhadores que tinha trabalhado ate altas horas da noite e lá iam os bravos PM pelas ruas atrapalhando os ônibus dos que tinham já acordado e iam pegar no Batente; O PCC acabou com isso também.

Caros amigos. negocio é o seguinte: Em países...

amorim tupy (Engenheiro)

Caros amigos. negocio é o seguinte: Em países de língua inglesa a policia é o braço armado da população = aquela historia do rei contra os barões etc. No brasil adotou se o sistema francês , a policia é o braço armado do Governo, e como o governo não é e nem se importa em ser bem visto pelo povão , a policia fica acuada pelos bandidos que tem de certa forma a "torcida" inconsciente da população , haja visto que muitos estão satisfeitos pelo fato de muitos policiais não terem coragem de se manifestarem "ser policiais" nas vizinhanças onde moram e Graças ao PCC acabou o " sou policia" em qualquer briga de vizinho ou encostadinha no transito ou esbarrão em um bar. Agora o grande líder chinês também ensinava em sua primeira lição : faça amigos e aliados ou pelo menos não faça inimigos. Então é o caso das POLICIAS se debandarem para o lado do POVO e deixar de ser braço armado do governo. Um exemplo Uma repartição publica que deve abrir as 12 horas , e já deu 12 horas e 30 minutos e os funcionários estão lá no maior bate papo, começa um zum- zum e empurra - empurra na fila ,acionada a policia tradicional já vem batendo no povão = Tem que passar a chegar batendo no chefe da repartição. Outro exemplo = Você com todos imposto pagos, já cansado de dirigir em uma estrada esburacada cujo dinheiro da manutenção foi parar no bolso do ministro ,comete uma pequena infração e lá vem o guarda com o maior rompante lhe aplicar varias multas e quando o povão cerca o ministro em um canto a policia corre para socorrer o ministro ( nestes casos nunca falta viatura). Sem querer que você fica feliz em saber que PCC desativou o Posto rodoviário. É por ai a solução ,POLICIA COMUNITARIA ATENDENDO A COMUNIDADE ,SEGUINDO NORMAS DA COMUNIDADE e sendo fiscalizada pela COMUNIDADE ! O resto é bla bla de intelectoide abobalhado. Um abraço

Só quem estve do outro lado sabe dizer de verda...

Jornalistaverdade (Estudante de Direito)

Só quem estve do outro lado sabe dizer de verdade quem criou o CV, PCC, e outora grupos organizados. Quando um elemento contra o sistema estava encomodando, e não era figura expressiva, a ditadura tratava de eliminar, para não mata-los dentro dos presideios mandavam bandidos conhecidos fazer o serviço sujo. Padre, Professores, companheiros que estava enganjados no movimento de libertação nacional, foram mortos atropelados em ruas desertas, assaltados e mortos, esses crimes nunca foram apurados. Conheci um traficante da favela do Parque união me Bonsussesso RJ, que tinha passe livre entre as policas e o Exército, Aeronaútica, Marinha, ele me confidenciou que fasia o serviço de execussão para os Militares. Só andava de carro importado, tinha as melhores armas, e nunca foi preso, como é que os intelectuais presos pela ditadura é que o trienaram.

Balela, passei pela ditadura, fiu perseguido pe...

Jornalistaverdade (Estudante de Direito)

Balela, passei pela ditadura, fiu perseguido perdi meu emprego na EPCar em Barbacena,fiu preso por cinco vezes. Muitos dos bandidos que hoje estão comandando o crime oraganizado foram treinados e usados pelo próprio doecod. pelo prórpio serviçi de repressaão, para fazer o serviço sujo quando a coisa começou a ficar ruim para eles. Muito dinheiro que sustentou a repressão, a corrupção, a matança, veio do narcotráfico,mauitos companheiros nosso foram mortos por bandidos comuns encomendados pela ditadura. E com isso cresceram e toamrram força. Agora vem nos culpar pela falta de investimento em educação, saúde, segurança, assistencia social. sempre o que mais enriqueceu neste País foram os banqueiros. Justo eles que sustentaram esta tidpo de sociedade injusta que temos. PFL, PSDB, PP, essa corja de corrupto é quem são os culpados destas mazelas.

Parabéns ao Coronel. Ajuda a que todos os leito...

Marcos Peroto (Delegado de Polícia Estadual)

Parabéns ao Coronel. Ajuda a que todos os leitores conheçam um pouco da qualidade dos homens de polícia do Brasil. Não importa se concordamos ou não com suas idéias e suas teses; importa, a meu ver, que ele tem suas teses e idéias - muito boas, por sinal - e as coloca para discussão, engrandecendo o debate e as soluções. Parabéns aos comentaristas, destas e de outras matérias, por contribuir com as idéias expostas. Critico, porém, aqueles que insistem em utilizar do anonimato, que se escondem atrás de pseudônimos. Ora, não acreditam nas idéias e teses que apresentam, tem vergonha delas ou em defendê-las? Lamentável. Parabéns aos que indicam nome, sobrenome, profissão e até aos que vão além, indicando local de trabalho e email, dentre outros: demonstram que não se escondem na defesa dos seus ideais e na busca de uma sociedade melhor.

Essa teoria de combate de curto e longo prazo a...

sanettus (Contabilista)

Essa teoria de combate de curto e longo prazo ao crime é balela, o que falta em nosso país é mais seriedade, responsabilidade, nossas familias estão ao Deus dará, pais e mães, não representa mais a educação para a cidadania, as escolas transformou-se em ponto de encontro de tudo que outrora era contra a moral e os bons constumes, a igreja com medo de perder fiéis, aceita o que não está na biblia, existem mais leis para saidas dos infratores do que para educa-los ou puni-los, nossos presidios estão em lugares inadequados dentro das cidades, quando deveriam ser retirados fora do perimetro urbano e providas com serviços e cursos profissionalizantes para os reeducandos que para sobreviverem têm que trabalhar para seu sustento e não retirar recursos de setores já carentes de recursos, como a falta de investimento em infra extrutura urbana, saúde, educação e estradas. Em fim o que falta é a volta da responsabilidade, escolas existem para educar e não para permitir o vandalismo, familias existem para ser o alicerce da sociedade e não como abrigo para a amoral, as igrejas para fazer chegar a verdadeira proposta de Deus e não para se meio de vida para alguns, e o presidio para bandidos serem tratados como tal e não como um cidaddo comum e trabalhador, pois ao contrario, o bandido; rouba, mata, sequestra, trafica e faz muitas outras coisas e não deve conviver com a sociedade até que se transforme em cidadão e respeite as leis, até quando vamos viver em um país que se diz democrata, porém, possui leis, para cada setor privilégiado da sociedade e não para todas uma só. Está tudo errado de cima até embaixo e de baixo para cima, aonde vemos uma sociedade desconfigurada.

Parabéns ao Coronel Hermes, que demonstra conhe...

Fernando José Gonçalves (Advogado Sócio de Escritório)

Parabéns ao Coronel Hermes, que demonstra conhecer muito bem os meandros da criminalidade e as maneiras possíveis de combatê-la. Apenas ouso discordar de um único aspecto. Qdo. o Coronel atribui a tecnologia hoje desenvolvida pelos "profissionais do crime organizado" á herança dos tempos da ditadura militar , onde se misturavam presos políticos com delinquentes comuns. O que deu ensejo a tomada do poder pelos militares e a perseguição , após, por eles empreendida , contra os chamados "comunistas" ou "agitadores" tem conotações totalmente diferenciadas das verdadeiras "guerrilhas" ; dos opositores de regimes abertos, existentes em todo mundo democrático. No Brasil (para variar) os nossos "comunistas" não passavam de rebeldes "sem causa" , um grupo de intelectuais que se sobressaiu com esse regime de exceção. Foram cantores famosos; estudantes filhos de pais de classe média; filósofos, etc. que se insurgiram contra o sistema repressivo, não especificamente por ser repressivo, mas, antes, pela busca da notoriedade (ser expulso do Brasil era o "must" na época). Não tinham planos definidos , nem agiam com organização. Na verdade eram "rebeldes sem causa" , revoltados pela censura dos meios de comunicação; pela falta de liberdade de expressão e dai por diante. Não acredito , (e li muito sobre esse período negro da nossa história)que os insurgentes da época possuíssem um mínimo de tática terrorista. Eram considerados "subversivos" como todos que não concordavam ou se adaptavam ás novas regras institucionais. Os arquivos , até pouco tempo secretos, do DOPS e de outros órgãos de grande repressão, são , na verdade, prosaicos, preocupados com banalidades e comportamentos tidos como de "alta periculosidade" e risco para o país. Não é por aí. Hoje vivenciamos uma organização criminosa com objetivos claros . É o narcotráfico internacional; os sequestros bem orquestrados e atividades criminosas bem dirigidas. O armamento que vem de fora; as táticas de impor o terror, etc. tudo muito além da medíocre fase ditatorial, onde não se sabia ao certo o que contestar e , do outro lado, o que repelir. De toda forma achei muito interessante a matéria

Creio que necessitamos nos preocupar com o cre...

Ivan von Wredenn Dias (Advogado Autônomo - Civil)

Creio que necessitamos nos preocupar com o crescimento demográfico que impõe investimento em presídios, aumento do efetivo policial, salários dignos, armamento adequado, além de tudo mais falado.Sem discurso e transferências paliativas de presos.

Eu que critiquei outros artigos colocados pelo ...

Lord Tupiniquim - http://lordtupiniquim.blogspot.com (Outro)

Eu que critiquei outros artigos colocados pelo CONJUR por opinadores de ocasião, complementamente ignorantes da diferença entre estratégias de longo e curto prazo para combate à violência e, em especial ignorantes das causas da violência, parabenizo agora CONJUR e o entrevistado pelas esclarecedoras palavras. Espero que os membros do Executivo, Legislativo e Judiciário saibam a quem pedir orientação no momento aflitivo que vivemos.

Li com atenção a matéria e com integral respe...

João Leopoldo Jordão de Lima (Advogado Autônomo)

Li com atenção a matéria e com integral respeito pelas palavras do Coronel PM Hermes B. Cruz, da reserva da PMESP, faço minhas próprias observações, calcadas em minha experiência de vida e profissional. Concordo que os primórdios do crime organizado se deram pela convivência dos chamados subversivos com delinqüentes comuns, todos alojados em comum nas celas dos presídios brasileiros. Os hoje, “Naldinho” e “Marcola”, são os legatários de seus ancestrais no crime comum dos anos setenta! Embora o publico em geral ignore, o sistema carcerário do país é antiquado e incapaz por si próprio de conter delinqüentes, realmente decididos a venderem caro a sua própria vida. Uma coisa natural num país, em que a classe política dirigente só se preocupa em trabalhar debaixo dos holofotes da mídia. Um presídio bem aparelhado não atrai repórteres, nem aparece no Jornal Nacional! Mas uma estrada moderna ou um edifício monumental, sim! Por isso tudo, a importante área de contenção e recolhimento foi esquecida em muitos lugares, e em outros, mal construída. A polícia em geral foi vítima ainda das prevenções e rancores de vários dos homens, que ocuparam o poder público a partir da constitucionalização em 1988. Eles, como antigos perseguidos políticos, não queriam fortalece-la, pois tinham sido antes, por ela perseguidos. Alguns inclusive tinham sérios rancores delas! Daí a ausência ou precariedade de seu aparelhamento nos últimos anos. E também, em vários lugares, em especial São Paulo, os baixos salários de todos os policiais. Com tudo isso contra era impossível ter uma polícia a altura do crime organizado, que se formou e foi se sofisticando com o tempo. Mas sempre é tempo de se corrigir o errado e fazer o certo. De minha parte, defendo a manutenção das duas organizações policiais no Estado de São Paulo, com modificações importantes. A PM independente como quer, mas tornada civil – uma grande Guarda Civil, com todo o seu pessoal atual. E a Polícia Civil modificada para melhor. Ambas reaparelhadas e equipadas a altura do século XXI, com treinamento próprio e também moderno, e bem remuneradas. Sem olvidar a erecção de inúmeras modernas prisões a altura da nova criminalidade, com pessoal bem treinado e bem remunerado.Tais as minhas sugestões, para começo de conversa. Pois isto é o minimo!.

É...infelizmente, é BRASIL, infelizmente é a po...

Raimundo Bastos (Estudante de Direito)

É...infelizmente, é BRASIL, infelizmente é a polícia brasileira, que se diz poderosa e na verdade quem demonstra o poder é o PCC, que tem poderes no presídios, na favela nos pequenos e grandes centros, em alguns grupos da polícia etc. Apolícia tem seu poder sim, porém menos sofisticado que o poder paralelo. Lembra aquela frase do Presidente Getúlio Vargas? que dizia "QUERIA TER O PODER, QUE A POLÍCIA ACHA QUE TEM"

Caro Rossi Vieira (Criminal), É certo que a ...

Comentarista (Outros)

Caro Rossi Vieira (Criminal), É certo que a polícia é essencial para proporcionar segurança social, mas comparar a Inglaterra com o Brasil é algo impossível. Primeiro por que, na Inglaterra, o caso do brasileiro injustamente assassinado pela polícia londrina trata-se do ÚNICO caso ocorrido na história policial inglesa. Se formos enumerar o número de pessoas inocentes assassinadas pela nossa polícia, precisaríamos de vários livros, formando uma verdadeira "enciclopédia" da morte... Por outro lado, é bom lembrar que a criminalidade de todo o Reino Unido não chega aos pés de, sequer, uma única cidade brasileira (como Campinas, por exemplo). Por fim, vale registrar também que o policial inglês usa gravatas, trata os civis de "Sir" e "Lady" e, acima de tudo, trata os advogados com respeito e deferência (até mesmo mais que os magistrados, promotores, delegados, etc). Em resumo, eles são "ingleses" e nós "brasileiros", infelizmente... Abraços.

Com todo respeito ao comandante da PM, mas essa...

desider (Professor)

Com todo respeito ao comandante da PM, mas essa tese de que o crime organizado aprendeu com aqueles idiotas que se diziam guerrilheiros, é balela, é discurso de gente de direita. Não há fundamento nessa afirmação que surgiu de meros boatos, no interior de presídios. Tanto é assim que os chamados revolucionários foram derrotados em pouco tempo, nos anos 70. Nenhuma insurgencia esquerdistas pós-cuba triunfou na América Latina, nem na Colômbia, isso comprova que a esquerda é ruim de tática armada. O que é fato é que ex-militares e ex-policiais dão treinamento e consultoria especializada aos bandidos em troca de vultuosas remunerações. Ex-soldados sim, estes bem treinados em táticas anti-guerrilha. Não é possível que depois do engodo da esquerda, com Lula e cia. limitada, ainda tenhamos que aguentar outras inverdades como essa, que não resolvem nada, só jogam a poeira embaixo do tapete.

Será que essa gente não se cansa de afirmar que...

Ampueiro Potiguar (Advogado Sócio de Escritório)

Será que essa gente não se cansa de afirmar que os presos comuns adquiriram técnicas de guerrilha com presos políticos? Se assim fosse, já teria havido uma revolução. Não confundir com revolta. Educação resolve? Primeiro o Brasil teria que resolver o problema de quem "ralou" (advogados, economistas, administradores e até engenheiros)e está por aí, no mínimo, dirigindo vans.Bacharéis em Direito estão dando assessoria às ediversas chefias do crime. Para haver paz, há de se mudar tudo. O resto é papo furado. O que não é dito, como sempre, é a verdade: como pode um civil ingressar na Polícia (no Rio é assim) e com seis meses depois ir combater os lupens da vida? A tecnologia da guerrilha vem dos filmes americanos. Inspiraram até o grupo Bin Laden.

Amigo Comentarista, Você que gosta de estatí...

Rossi Vieira (Advogado Autônomo - Criminal)

Amigo Comentarista, Você que gosta de estatística, a polícia inglesa metralhou um brasileiro honesto em praça pública. Na América, se torturam pretensos terroristas na prisão em Cuba e ainda 1/3 dos presidiários ( são 2.000.000) são violentados sexualmente. O TJM está aí para julgar policiais militares brasileiros mal intencionados. Faz bem o serviço. Assista um julgamento. O que conta, para mim, é uma polícia militar eficiente com o material e matéria humana que tem. O que essas Instituições opinam sobre o Brasil é meramente político, bem ou mal. Ajudar que é bom, nada !!! Pimenta nos olhos dos outros é refresco ( para ser elegante). De resto, passei um bom domingo de sol em São Paulo. Abraço-o. Otávio Augusto Rossi Vieira, 39 advogado criminal

Caro Professor Armando do Prado, A educação ...

Comentarista (Outros)

Caro Professor Armando do Prado, A educação pública de qualidade é - sem sombra de dúvidas - a insubstituível base para uma sociedade desenvolvida e decente. No entanto, muitos dos que hoje clamam por justiça (inclusive alguns profissionais do direito) são justamente os que ajudaram a eleger o picolézinho de chuchu para o governo (?) do Estado, resultando na já conhecida destruição do nosso sistema educacional. E agora o abusado candidato pretende ser presidente (!), alardeando a todos sobre sua "excelência administrativa" e "choque de gestão". Mas podemos dormir tranquilos e em paz, por que, antes de 2010, ele pode até se tornar presidente, mas só se for da Daslú. Esta é, data vênia, a minha humilde opinião. Um grande abraço e uma ótima semana!

Perdoem-me insistir, mas a solução passa por ed...

Armando do Prado (Professor)

Perdoem-me insistir, mas a solução passa por educação pública decente ( pode ser a escola pública que tínhamos até os anos 60), trabalho para os jovens, saúde pública para humanos, e outras coisitas mais, aliás, todas previstas nos primeiros 08 artigos da dita Carta Cidadã. O resto é quebrar o termômetro a cada subida da febre...

Caro João (Tributária), Denominar a ditadura...

Comentarista (Outros)

Caro João (Tributária), Denominar a ditadura militar de "porcaria" ainda é elogio. Os que usurpam o poder pelas armas não passam de covardes e asquerosos que certamente envergonharão muitas de suas futuras gerações, pois seus filhos e netos certamente ainda se envergonham de repetir seus nomes de família. Por outro lado, os golpistas tupiniquins, outrora tidos como "leões" da ditadura, hoje não passam de meros "gatinhos", que sequer tiveram a honradez de serem julgados por um tribunal legalmente constituído e escondem-se convardemente atrás de uma vergonhosa lei de anistia. Por fim, e quanto ao respeito à dignidade humana, concordo em gênero, número e grau com o seu comentário, pois a história se repete com o sofisma de sempre, ou seja: Se o bandido comete crimes, grande parte da população (certamente de países subdesenvolvidos de terceiro mundo, onde o povo é caracterizado pelo baixo nível cultural) também defende que o Estado cometa outros crimes em represália. Esquecem-se, convenientemnte, que o Estado não deve praticar crimes, pois pagamos nossos impostos para vivermos sob um Estado de Direito, e não um Estado que desrespeita direitos, independentemente de quem quer que seja. Por essas e outras é que somos bem conhecidos no mundo todo e merecemos - principalmente quando em visita a países de primeiro mundo - ser escarnecidos, humilhados e chamados de "brasileiros". Esta é, data vênia, a minha opinião. Um grande abraço e uma ótima semana!

O ataque aos direitos humanos é uma forma fácil...

João (Estudante de Direito - Tributária)

O ataque aos direitos humanos é uma forma fácil das autoridades jogarem a culpa por sua absoluta incompetência em terceiros! Não foram grupos de direitos humanos que arrumaram TV, celular e DVD para a cela de Marcola. Foram profissionais corruptos da própria Administração pública. Mas é muito mais fácil destilar ódio nos grupos de direitos humanos que, vale ressaltar, nunca defenderam a absolvição de ninguém, ao contrário de alguns picaretas que aparecem por aqui tecendo mil e uma louvas ao Sr. Pimenta Neves.

  • Página:
  • 1
  • 2

Comentar

Comentários encerrados em 12/06/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.