Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Sem poder ir e vir

Bandeira de Mello não consegue voltar ao Brasil em vôo da Varig

Por 

Um dos maiores especialistas brasileiros em Direito Administrativo, o professor Celso Antônio Bandeira de Mello está na Europa tentando voltar para o Brasil. Ele não consegue embarcar em qualquer vôo da Varig. Há dois dias tenta embarcar de Londres após tentativa frustrada de retorno por Paris.

O professor, que foi a passeio para a Europa, diz que a situação está grave e que os passageiros não estão recebendo nenhuma assistência por parte da companhia aérea. “Estamos sendo tratados como animais. Os funcionários estão tratando os passageiros, que são vítimas, como bandidos. Não há respeito qualquer,” comenta. Além da falta de assistência, Bandeira de Mello é diabético e tem de tomar remédios todos os dias.

Outros passageiros também estão sem conseguir embarcar, segundo Mello, e demoram em média três dias no aeroporto para obter lugar em algum vôo da Varig. Ele diz que há a hipótese de ser encaixado em um vôo que sai na quarta-feira (2/8) para o Brasil.

De acordo com a assessoria de imprensa da Varig, a companhia fez três vôos extras para Londres neste fim de semana para trazer os passageiros de volta, mas por conta do final de férias não foi possível atender toda a demanda. A companhia também alega que tem dado assistência como dinheiro para a alimentação dos passageiros que aguardam no aeroporto.

 é chefe de redação da revista Consultor Jurídico.

Revista Consultor Jurídico, 31 de julho de 2006, 16h06

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 08/08/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.