Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Relação de emprego

TST reconhece vínculo de emprego de advogado com banco

Um advogado que trabalhou por 19 anos para o banco Nossa Caixa teve vínculo de emprego reconhecido pelo Tribunal Superior do Trabalho. A decisão foi da 5ª Turma do TST.

O empregado foi contratado pelo banco, como advogado, para prestar assessoria jurídica em processos de financiamento imobiliário. Ao longo dos anos, a relação que era para ser autônoma foi se transformando em trabalho subordinado, segundo o profissional.

Na reclamação trabalhista, o advogado reuniu provas de que sua contratação, na verdade, foi de substituição ao advogado efetivo da empresa. Também afirmou que era convocado para participar de reuniões e prestou serviços na área contenciosa.

O Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (São Paulo) concluiu pela existência do vínculo de emprego. Considerou o fato de que o empregado tinha carga horária mínima obrigatória, além de prazo fixo para estudo e entrega dos processos de financiamento.

O banco recorreu ao TST. Alegou a inexistência de subordinação, afirmou que o exercício de advocacia era feito fora do estabelecimento da empresa. E insistiu na tese de que se tratava de advogado autônomo, com contrato de credenciamento.

O ministro relator do processo, Gelson de Azevedo, confirmou a decisão do TRT paulista. Entendeu que ficaram comprovados os requisitos do artigo 3° da Consolidação das Leis do Trabalho, que caracterizam o vínculo empregatício. A regra diz que “considera-se empregado toda pessoa física que prestar serviços de natureza não eventual a empregador, sob a dependência deste e mediante salário”.

AIRR e RR- 53.449/2002-900-02-00.3

Revista Consultor Jurídico, 27 de julho de 2006, 19h37

Comentários de leitores

3 comentários

Mais um brasileiro que não desiste nunca,,eh eh...

gushen (Consultor)

Mais um brasileiro que não desiste nunca,,eh eh eh Trabalhou,recebeu e quer mais uma casquinha !!!!. Tremendo 171 em andamento. abraços

Desculpe, mas cheira sim a tremenda incompetênc...

Richard Smith (Consultor)

Desculpe, mas cheira sim a tremenda incompetência do banco. Se coisa pior não for.

cheira a ação planejada durante anos...

Celsopin (Economista)

cheira a ação planejada durante anos...

Comentários encerrados em 04/08/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.