Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Alerta feito

Justiça pune laboratório e manda comunicado inusitado à secretaria

Por 

A 6ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, por unanimidade, decidiu encaminhar à Secretaria Estadual de Saúde, na sexta-feira (21/7), um comunicado inusitado. O comunicado alerta que há uma pessoa em território fluminense que tem, e não sabe, o vírus HTLV – causador da leucemia, do câncer nos gânglios linfáticos e é agente de uma doença neurológica paralisante.

A iniciativa de emitir o aviso foi proposta pelo desembargador Nagib Slaib, em um processo em que foi condenada a Clínica Labs, uma das maiores do Rio. O laboratório terá de pagar R$ 12 mil para Isabela Silva da Costa, a quem inicialmente associou o diagnóstico.

Testes subseqüentes mostraram que a autora da ação não tem o vírus. Posteriormente, a clínica não soube apontar o nome do dono ou dona do exame. “Tem alguém com um problema enorme no organismo, precisa de tratamento médico e desconhece isso”, observou o relator.

 é jornalista.

Revista Consultor Jurídico, 24 de julho de 2006, 11h06

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 01/08/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.