Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Negócio fechado

Cade aprova aquisição da GMK Eletrônica pela Alcatel

O Cade — Conselho Administrativo de Defesa Econômica aprovou a operação do grupo Alcatel Telecomunicações na compra e incorporação da GMK Eletrônica, fabricante nacional de softwares para telefone celular. A empresa agora é uma unidade de negócios da Alcatel Telecomunicações e passa a ser chamada de GMK-Genesys.

A Alcatel investiu US$ 15 milhões na compra e prevê também para este ano cerca de US$ 3 milhões de dólares em investimentos no mercado de atuação da GMK.

“A compra foi formalizada no último dia de dezembro de 2005, após longo período de negociação entre as empresas, envolvendo intensos debates e operações de due dilligence até se decidir pela compra das cotas da GMK Eletrônica com sua posterior incorporação à Alcatel,” explica o advogado Paulo Bardella Caparelli, do Leite, Tosto e Barros Advogados Associados, escritório responsável por todo o processo de fusão e pela aprovação da operação no Cade.

Segundo Bardella, os conselheiros entenderam que a compra e incorporação da GMK pela Alcatel não trazem prejuízo ao mercado. A operação foi aprovada por unanimidade sem restrições e sem qualquer aplicação de multa. “O processo de aprovação ocorreu dentro do prazo normal esperado, mesmo porque tomou-se a cautela de cumprir todos os procedimentos e entregar toda a documentação que o Cade exige na apresentação da operação. E só não foi mais rápido porque o assunto é extremamente técnico”, avaliou o especialista.

Revista Consultor Jurídico, 21 de julho de 2006, 7h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 29/07/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.