Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Dinheiro suspeito

Justiça Federal aceita denúncias contra candidato Celso Pitta

A Justiça Federal aceitou denúncias contra Celso Pitta, candidato à deputado federal e ex-prefeito de São Paulo. O procurador da República, Rodrigo de Grandis, denunciou Pitta pelos crimes de corrupção passiva, evasão de divisas, lavagem de dinheiro, formação de quadrilha e organização criminosa.

No processo, também são acusados a bancária Rachelle Abadi e o banqueiro Edmundo Safdié, que permitiram a transferência do dinheiro para o exterior. Os três serão interrogados no dia 30 de outubro.

O procurador também pediu à Justiça Federal a abertura de inquérito policial contra Mauricio Abadi, primo de Rachelle, e operador das contas de Pitta em Nova York, nos Estados Unidos. O empresário Jorge Yunes, que fez um empréstimo a Celso Pitta, também vai ser investigado. A suspeita é de ocultação de dinheiro proveniente de crimes contra a administração pública praticados pela organização criminosa.

A denúncia tramita na 2ª Vara da Justiça Federal, por ter relação com o processo do qual são réus o ex-prefeito Paulo Maluf, seu filho Flávio Maluf, Simeão Damasceno e o doleiro Vivaldo Alves.

Revista Consultor Jurídico, 20 de julho de 2006, 19h30

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 28/07/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.