Consultor Jurídico

Notícias

Escuta privada

Imprensa pode ser punida se divulgar conteúdo de grampo

Comentários de leitores

10 comentários

Surpreendente o número de colegas que defendem ...

Ottoni (Advogado Sócio de Escritório)

Surpreendente o número de colegas que defendem o arrocho, a mordaça. Creio que não perceberam que os princípios da cidadania, que informam os sistemas realmente democráticos, visam a proteção do cidadão e, na questão suscitada, a regra aplicável é a da liberdade com responsabilidade. A imprensa é livre, e deverá continuar a sê-lo, respondendo seus operadores pelos excessos que cometerem. É assim nas democracias. Chiquinho: o disco está às suas ordens.

Caro Rossi, eu vivo sim da advocacia. E digo ma...

caiçara (Advogado Autônomo)

Caro Rossi, eu vivo sim da advocacia. E digo mais, quando a exerço no âmbito criminal, recebo meus clientes com uma frase já batida, ao menos no meu caso: "sou teu advogado, mas não teu comparsa. Se és culpado, jamais pedirei para ti absolvição, pois deves pagar teus crimes para com a sociedade! Discutirei pena justa (quantum, regime e direito de apelar em libardade), mas é só! Minha honra e meu senso de Justiça me impedem de pleitear absolvição àqueles que souber corruptos! Se vós procurais um advogado que te pedirá absolvição ainda que sabendo seres culpado, por tuas próprias palavras ou pelas provas que te cercam e apontam de forma inequivoca tua culpa, a porta da rua é serventia da casa!" Lógico que não sou o mais procurado na area criminal por causa disso, mas, exerço minha profissão com dignidade e posso olhar para os meus sabendo que não traí os valores que me foram passados por meus pais e antepassados. Quanto a nomear bois ou corruptos, isso não é necessario. O povo e a classe sabem quem são àqueles que não honram sua profissão. Não sou um fariseu, sequer um vendilhão do Templo, apenas comento o que observo e percebo em nossa sociedade. Volto a repetir, negar a existência de corruptos, mesmo em nosso meio, e a necessidade de controles, principalmente na relação advocatícia criminal, entre cliente-patrono, é tapar o sol com uma peneira. Nesse sentido, o recrudescimento de medidas de segurança e penas aos criminosos e a todos àqueles que os cercam é medida que garante a aplicação da Lei e a punição dos tantos crimes que assistimos em nossa sociedade. SE, para proteger a segurança de meus filhos, tiver que "tirar sapatos" pode me considerar, desde já, um descalço! Chega de chorar direitos absolutos para criminosos! Como já diria o filósofo popular: Direitos humanos são para humanos direitos!

Meu amigo Caiçara é daqueles que tiram os sapat...

Rossi Vieira (Advogado Autônomo - Criminal)

Meu amigo Caiçara é daqueles que tiram os sapatos, em vôo nacional, para ser autorizado a entrar nos EUA. A américa do norte já foi exemplo de democracia. Hoje, com Mr. Bush, a coisa mudou. Te monitoram 24 horas dia. Melhor ficar na Bahia. Sadan Hussen tem advogado. Bin Laden também o terá. Beira Mar também tem o seu. Ainda bem que o país nos dá essa oportunidade de defesa, oferecendo, inclusive, advogado do Estado aos menos favorecidos. Em Miami- FL, em caso de crime de menor potencial ofensivo o Estado não dá advogado....pior para o acusado. E por falar nisso, o colega Caiçara vive do que ? Da advocacia ?

Pô Rossi, vamos soltar o beira mar! Vamos liber...

caiçara (Advogado Autônomo)

Pô Rossi, vamos soltar o beira mar! Vamos liberar todo mundo! Bin laden pro Rossi deve ser herói nacional! O Estado tem o dever de aplicar a lei, aonde que que seja, dentro de seu território! Mas como aplicar a lei se as novas técnologias, utilizadas largamente pelos infratores, também não podem ser utilizadas pela policia? Pelo Judiciário? A maior democracia do mundo, os EUA, controlam cada palavra que é falado por seus cidadãos e vizitantes, durante 24 horas, todos o dias, para garantir a segurança da população e da democracia! Por que raios eles podem e nós não? A resposta só pode estar no medo de alguns de que as grandes falcatruas sejam esclarecidas e punidas! No medo de alguns de que escritórios famosos sejam descobertos como "financiados e financiadores" do crime! No medo de aplicação da Lei! Quem deve tem que pagar! Ou melhor: "Toma chocolate e paga lo que deve!" O Brasil é assim mesmo, a culpa não é do motorista que abusa da velocidade, é do radar que flagra o cara abusando! Quem não deve não teme! Somente os que tem algum rabo preso, ou que tem mentalidade laxista em relação aos infratores e aos criminosos podem ser contrários a uma aplicação mais enérgica da lei ou a uma publicidade dos verdadeiros criminosos! Pois saibam que, além de controlar o que é falado, os EUA editam CDs com nomes de criminosos e indiciados, os quais fornecem as grandes redes de comnicação e ao público, para que não se contrate um estuprador, por exemplo, em uma escola primária, ou para que um mercadinho não venha a contratar um roubaor convicto! Isso é democracia! Temos que saber quem nos cerca, para que possamos nos defender!

Ei, Homerão Ottoni, por acaso voce tem ou sabe ...

Francisco Lobo da Costa Ruiz - advocacia criminal (Advogado Autônomo - Criminal)

Ei, Homerão Ottoni, por acaso voce tem ou sabe quem tem o disco (isso mesmo, disco 78 rotações - original)onde é cantada aquela música que diz, CARCARÁÁÁ, PEGA, MATA E COME, CARCARÁÁÁÁ... Sabe o que é..., bem, depois eu falo pessoalmente.

É, pelo modo como as coisas vão, meus colegas a...

Rossi Vieira (Advogado Autônomo - Criminal)

É, pelo modo como as coisas vão, meus colegas advogados aí de baixo andam assistindo muito "big Brother" da Globo. Uma pena. E mais, desagravo público para o "Caiçara" que não respeita a dignidade da profissão.Repugnante aceitar que a imprensa transmita diálogos gravados, seja por autorização judicial ou não. O "trial by midia" é situação deselegante e só serve para os adoradores dos "big brothers" da vida, voyageres em potencial. Aliás, está aí uma alternativa.... o julgamento pela mídia, ligue 0300 33 33 33 para o paredão da morte ou 0300 33 32 para absolvição... era só o que faltava!

Concordo com os pensamentos dos advogados Drs. ...

Luís da Velosa (Advogado Autônomo)

Concordo com os pensamentos dos advogados Drs. Reginaldo, Caiçara e Ottoni.

Absurdo. Qualquer tentativa de calar a imprensa...

Reginaldo (Advogado Autônomo)

Absurdo. Qualquer tentativa de calar a imprensa fer mortalmente a democracia. Se as divulgações são ilegais, por que não se pune quem vazou a noticia? Por que não se processa o veículo de comunicação que noticiou fato não verídico? Simples, porque todo o divulgado é verdade. Quanto a escuta de escritórios de advocacia, é sempre bom lembrar que nenhum princípio é absoluto, e, antes da advocacia vem a sociedade. Sou advogado e vejo exagero em algumas prerrogativas, tanto de advogados, como de juízes e promotores (cujos processos tramitam em segredo), de parlamentares, etc.

Pois é, o lobby advocatício já conseguiu mais u...

caiçara (Advogado Autônomo)

Pois é, o lobby advocatício já conseguiu mais uma! Enquanto no mundo inteiro a segurança da sociedade é cada vaz mais valorizada em detrimento de "garantias humanitárias" aos criminosos e seus comparsas advogados, aqui, ao que parece, o intuito do Estado é garantir que o bandido contibue roubando, matando e traficando, e, ainda por cima, possa comandar toda a sua organização por meio de seus advogados, direto das prisões! O Brasil caminha no contrário senso do mundo, como sempre! Em vez de proteger a sociedade e os cidadãos de bem, vamos garantir as liberdades dos Beira-mares, dos Marcolas e de outros, e, ainda, de seus "maravilhosos sócios-advogados!" E assim caminha a roubalheira e a mediocridade!

O fundo do poço já está acima de nossas cabeças...

Ottoni (Advogado Sócio de Escritório)

O fundo do poço já está acima de nossas cabeças. O delírio de poder já está ultrapassando os limites que levantaram os mártires brasileiros durante os anos de chumbo. Nem os milicos tiveram o atrevimento do PT. O pior é que, com mensalão e congresso covarde, a lei passa, principalmente em razão da circunstância que torna os políticos os maiores astros dos grampos.

Comentar

Comentários encerrados em 26/01/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.