Consultor Jurídico

Notícias

Reação institucional

MP paulista recorrerá contra recondução de Schoedl ao cargo

Comentários de leitores

4 comentários

Dr. Rossi, parabéns pelo bom senso. Infelismen...

Rita (Outros)

Dr. Rossi, parabéns pelo bom senso. Infelismente existe profissionais e profissionais. O que existe aqui é total alteração de valores. Hoje só porque se tem dinheiro, pode-se fazer tudo. Onde fica o respeito pelo ser humano? que é julgado aleatoriamente. Antes de serm promotor ele é um cidadão, que deve ser respeitado, principalmente por pessoas de seu meio profissional.

Faz parte da democracia brasileira os recursos ...

Rossi Vieira (Advogado Autônomo - Criminal)

Faz parte da democracia brasileira os recursos processuais. O Ministério Público pode recorrer. O julgamento aqui é totalmente processual, ao que parece alguém votou e não poderia votar no órgão especial. De qualquer forma, metade daquele órgão considera Thales apto ao exercício da função pública de promotor de justiça. Promotor Público deve e pode portar arma e deve ser respeitado como autoridade pública onde quer que esteja. Como a polícia. Está na moda , no Brasil, o desrespeito a autoridade pública. Bandido não respeita a polícia porque a polícia está perdendo o respeito dia após dia, ou porque age com autoritarismo ou porque quando age, a mídia noticia contrariamente as ãções. Dá no que dá. Quando um Promotor se identifica como Promotor o cidadão deve respeitá-lo. O rapaz (Thales) deve , mais do que nunca, aplicar a Lei no exercício do cargo público. Espero apenas que não lhe dêem função fictícia ( como a Nasa da polícia civil) onde nada se faz. Otavio Augusto Rossi Vieira advogado criminal em São Paulo

Recentemente neste informativo, sob o título "f...

fortuna (Bacharel - Criminal)

Recentemente neste informativo, sob o título "fogo cruzado" noticiou-se que um juiz do trabalho foi afastado porque usou "branquinho" e organização de pauta de audiências, pelo Tribunal Regional do Trabalho de Campinas, no Estado de São Paulo. Agora, o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, manda voltar ao cargo o promotor de justiça acusado de assassinato. Não tem algo estranho no Estado de São Paulo? Será que ninguém avisa que essas coisas estão acontecendo para o Conselho Nacional de Justiça?

Eu acho um absurdo o MP tomar esta atitude tão ...

Lu2007 (Advogado Autônomo)

Eu acho um absurdo o MP tomar esta atitude tão drástica sem que haja uma sentença condenatória. O MP já está condenando antecipadamente o promotor.

Comentar

Comentários encerrados em 20/01/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.