Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Campanha geral

PSDB entra com mais duas representações contra Lula

O PSDB entrou com mais duas representações contra o presidente Luiz Inácio Lula da Silva por prática de propaganda eleitoral antecipada. Nas novas representações, o partido de oposição sustenta que houve caracterização de propaganda eleitoral antecipada nos discursos proferidos pelo presidente da República em solenidades realizadas no dia 21 de fevereiro, em Juazeiro (BA), e no dia 22, em Imperatriz (MA) e em Parnaíba (PI).

O presidente visitou instalações de universidades federais nas três cidades. Para o partido, Lula insinuou suas intenções de se candidatar à reeleição, e admitiu explicitamente estar em campanha ao afirmar que "um homem público não precisa de época de eleição para fazer campanha. Ele faz campanha do dia em que acorda, da hora em que acorda à hora em que dorme, 365 dias por ano".

Nas representações, o PSDB requer que o presidente da República seja notificado para que apresente sua defesa no prazo legal de 48 horas, e que lhe seja imposta multa, prevista no parágrafo 3º do artigo 36, da Lei 9.504, de 20 a 50 mil UFIR ou equivalente ao custo da propaganda, se este for maior.

Serão relatores os ministros Cezar Peluso (referente a Parnaíba) e Humberto Gomes de Barros (referente a Juazeiro e Imperatriz).

RP 883 e 884


Revista Consultor Jurídico, 24 de fevereiro de 2006, 7h00

Comentários de leitores

7 comentários

O problema ocorre justamente porque Lula não é ...

Sérgio (Contabilista)

O problema ocorre justamente porque Lula não é tão hipócrita quanto os demais políticos que somente enganaram e pretendem continuar enganando o povo. Hipócritas porque sempre fizeram isso e agora quando veem que um simples homem do povo governa melhor do que sempre fizeram os endinheirados e os pseudos intelectuais, principalmente o que se diz mor cuja teoria do desenvolvimento econômico sempre proclamou que os empresários brasileiros eram atrasados e a solução estava na entrega das empresas nacionais aos estrangeiros, que estes sim eram competentes. O homem simples do povo, sem as oportunidas que os demais tiveram, provou que o bom senso ainda é a melhor saída para os problemas, escolhendo as pessoas certas para os lugares certos. Apesar de alguns problemas, comuns a todos os governos anteriores, Lula ainda é muito superior aos fariseus.

Quem vê FHC e o "partido da oposição" represent...

SÉRGIO GRAVELLO (sergio@gravello.com.br) (Advogado Associado a Escritório)

Quem vê FHC e o "partido da oposição" representando "pensa" na seriedade de tal representação. Nota-se nesta representação a inteligencia do Presidente Lula, o qual sabe utilizar sua função com resultados, bem como a eleição de Lula somente foi possível graças ao maior cabo eleitoral de Lula: PSDB e seu afilhado, o PFL.A populaçao está mais do que cansada do papo-furado de verbo sempre no futuro, nunca no presente como Lula faz, mostrando ao vivo e a cores os resultados de seu pouco tempo na presidencia - mais do que 8 anos do "intelectual" FHC. O verbo tem que estar no presente: bolsa-família, estradas maiores do que Castelo Branco no Nordeste, de imediato, incluindo a utilização do Batalhão de Engenharia do Exercito; crescimento substancial do PIB, puxado pelas exportações e seus efeitos na economia interna. Vale lembrar que no primeiro ano de mandato Lula saiu pelo mundo na "condiçao" de vendedor dos produtos brasileiros, fechando contratos gigantescos, os quais hoje faz a diferença. FHC e seu time se resumiram a vender estatais a preço de banana para, em seguida, pagar juros extorsivos e no final ficar sem as estatais e sem o dinheiro.Enfim, FHC não serviu para nada quando governou, exceto eleger Lula, ante o desespero da população. Todavia, na proxima eleição, a população elegerá Lula de forma tranquila, ante os resultados do governo federal.

A irregulariddade existe mas servirá apenas de ...

Bira (Industrial)

A irregulariddade existe mas servirá apenas de moeda de troca. Já vimos esse filme antes.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 04/03/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.