Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Linha 350

Juiz marca interrogatório dos acusados de incendiar ônibus 350

Está marcado para o dia 16 de março o interrogatório dos seis acusados de terem ateado fogo no ônibus 350, no ano passado, no Rio de Janeiro, provocando a morte de cinco pessoas. A decisão é do II Tribunal do Júri.

O ataque provocou a total destruição do veículo, lesões em várias pessoas e morte de outras cinco, entre elas, uma criança. Os réus são: Anderson Gonçalves dos Santos, conhecido como “Lorde”, Alberto Maia da Silva, Cristiano Dutra Medeiros, Xiita Messias Nogueira, Leonardo Messias Nogueira e Márcia Neves Silva.

Segundo o Ministério Público, o crime teve como causa uma represália à ação policial que culminou na morte de um traficante, “o Ciborgue”, membro da quadrilha de Anderson Gonçalves dos Santos.

O interrogatório dos réus estava previsto para ocorrer nesta sexta-feira (24/2), mas o advogado de defesa pediu o adiamento por falta de tempo para estudar o caso. Ele afirma que o juiz Luiz Noronha Dantas recebeu a denúncia na quinta-fera (23/2) e marcou o procedimento para o dia seguinte.


Revista Consultor Jurídico, 24 de fevereiro de 2006, 18h17

Comentários de leitores

0 comentários

A seção de comentários deste texto foi encerrada.