Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Reforço no trabalho

Presidente Lula nomeia quatro novos ministros para o TST

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, nomeou os juízes Alberto Bresciani, Horácio Pires, Luiz Philippe Vieira de Mello Filho e Rosa Maria Weber para ocupar os quatro primeiros novos cargos de ministro do Tribunal Superior do Trabalho criados pela Emenda Constitucional 45. A Emenda ampliou de 17 para 27 o número de ministros do TST.

Os novos ministros já atuaram ou atuam como juízes convocados neste Tribunal. Indicados pelo presidente da República por meio de lista sêxtupla encaminhada pelo TST, os juízes foram submetidos à sabatina na Comissão de Constituição e Justiça do Senado e tiveram seus nomes aprovados pelo Plenário. A posse dos novos membros do TST será em março.

Conheça os ministros

Natural da cidade do Rio de Janeiro, Alberto Luiz Bresciani tem 44 anos e atualmente ocupa a Vice-Presidência do Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região (Distrito Federal e Tocantins). No TST, atuou como juiz convocado nos períodos entre 15 de março de 1999 e 19 de dezembro de 2000, 1º de fevereiro de 2001 e 30 de dezembro de 2002 e de 3 de fevereiro de 2003 a 19 de dezembro de 2003. Formado pela Universidade Federal de Juiz de Fora, ingressou na magistratura trabalhista por concurso público em novembro de 1988 e, a partir de junho de 1998, passou a integrar o TRT da 10ª Região.

Baiano de Salvador, o juiz Horácio Raymundo de Senna Pires tem 63 anos e atua como juiz convocado na 2ª Turma do Tribunal Superior do Trabalho. Formado pela Faculdade de Direito da Universidade Federal da Bahia, Horácio entrou na magistratura por concurso público em 1973, como juiz substituto, depois de uma passagem pelo Ministério Público da Bahia. Tomou posse como juiz togado do Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região (Bahia), em 1997.

Luiz Philippe Vieira de Mello Filho nasceu em Belo Horizonte, tem 44 anos e integra o Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região (Minas Gerais). Formado pela Faculdade de Direito da Universidade Federal de Minas Gerais em 1980, Vieira de Mello Filho ingressou na Justiça do Trabalho por concurso público em 1987. Foi empossado como juiz togado do TRT mineiro em 1998. Atuou como juiz convocado no Tribunal Superior do Trabalho em 11 oportunidades e foi relator no Fórum Nacional do Trabalho da proposta de reforma sindical do governo Lula.

Gaúcha de Porto Alegre, Rosa Maria Weber Candiota da Rosa tem 57 anos e atua como juíza convocada na 5ª Turma do Tribunal Superior do Trabalho desde maio de 2004 (já foi convocada quatro vezes). Rosa Maria Weber formou-se em Direito na Universidade Federal do Rio Grande do Sul e se tornou juíza em 1976. Desde agosto de 1991, integra o Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região, que presidiu no biênio 2001/2003. Atuou como corregedora-regional no biênio anterior.

Revista Consultor Jurídico, 15 de fevereiro de 2006, 12h12

Comentários de leitores

4 comentários

É importante que para o TST foram nomeados juíz...

themistocles.br (Advogado Sócio de Escritório - Administrativa)

É importante que para o TST foram nomeados juízes de carreira por méritos técnico jurídicos, sendo que é positivo que para o TST não tem sido ultimamente nomeados "politiqueiro(a)s". Parabéns ao Presidente da República e aos Ministro(a)s nomeado(a)s.

Que indique sempre alguém do quadro. Chega de p...

Ivan von Wredenn Dias (Advogado Autônomo - Civil)

Que indique sempre alguém do quadro. Chega de políticos.

antes da República, havia casos de alunos "bem ...

Armando do Prado (Professor)

antes da República, havia casos de alunos "bem dotados" nas contas bancárias, que iniciavam o curso de direito antes dos 15 anos. Verdadeiros fenômenos. Mas, nas 2ª metade do séc. XX? Como?

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 23/02/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.