Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Tempo de reorganizar

Presidente do STJ suspende andamento de processos do INSS

Está suspenso o andamento dos processos do INSS que tramitam na Presidência do Superior Tribunal de Justiça. O motivo é o incêndio ocorrido no prédio da autarquia.

A determinação é do presidente do STJ, ministro Edson Vidigal, e irá vigorar por 60 dias ou até que sejam regularizadas as instalações das procuradorias que atendem ao instituto. Vidigal acolheu a solicitação da Procuradoria-Geral da União, que justificou seu pedido sustentando a precariedade das instalações e a falta de logística para a realização do trabalho dos procuradores.

O incêndio ocorreu no dia 27 de dezembro do ano passado e atingiu os últimos cinco andares do prédio de dez andares onde funcionava o Instituto Nacional de Seguro Social, no setor de Autarquias Sul, em Brasília.

O fogo, que começou por volta das 7h da manhã, foi causado por um curto-circuito nas impressoras do 7º andar, segundo laudo do Corpo de Bombeiros. O próprio INSS é que irá averiguar se houve negligência de algum funcionário. Os órgãos afetados pelo incêndio foram transferidos para salas alugadas ou cedidas em outros prédios.

Pet 6.748

Revista Consultor Jurídico, 3 de fevereiro de 2006, 11h11

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 11/02/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.