Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Crime organizado

Rio de Janeiro é alvo de ataques de organização criminosa

O estado do Rio de Janeiro viveu na madrugada desta quinta-feira (28/12) o que São Paulo viu no mês de maio deste ano: ataques criminosos a ônibus, delegacias e postos da Polícia Militar. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Rio, foram 12 atentados. Dezoito pessoas morreram e mais de 20 ficaram feridas. As informações são do O Globo Online e do portal de notícias G1.

A onda de ataques começou durante a madrugada, quando oito homens armados interceptaram dois ônibus na Rodovia Washington Luiz. Testemunhas e pessoas que sobreviveram contam que os criminosos atearam fogo sem deixar que ninguém descesse dos ônibus. Os policiais militares que chegaram ao local depois do ataque foram recebidos com tiros.

Pela manhã, os criminosos continuaram atacando ônibus. Três coletivos foram queimados no bairro de Bangu. Pouco depois, o 6º DP e o 28º DP foram atingidos por granadas. Com isso, três delegacias foram fechadas preventivamente.

Na praia de Botafogo, uma cabine da Polícia Militar foi metralhada. Uma ambulante que estava perto do local morreu, segundo a polícia.

À agência de notícias Reuters, o secretário de Segurança do Rio de Janeiro Roberto Precioso disse que considerou os ataques uma “resposta à mudança no comando da administração penitenciária no Estado”. Ele responsabilizou traficantes de drogas pelos atentados.

Revista Consultor Jurídico, 28 de dezembro de 2006, 13h08

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 05/01/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.