Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Corredor da morte

Corte marca execução de assassino de funcionários do McDonald’s

A Suprema Corte do estado do Tennessee marcou para 3 de junho de 2008 a execução de Paul Dennis Reid, acusado de ter assassinado três funcionários da rede McDonald’s. Sua execução, segundo o site Findlaw, já foi adiada duas vezes.

A última delas em junho passado, quando a injeção fatal foi interrompida minutos antes da aplicação em razão de pedido de exame de sanidade mental. A intenção seria provar que o assassino é inimputável.

Apesar de a data estar marcada, Paul Dennis ainda dispõe de duas apelações pendentes, uma federal e outra estadual. O ex-andarilho foi condenado por sete assassinatos, três deles praticadas em três restaurantes do McDonald’s, em Nashville e Clarksville, em 1997.

Revista Consultor Jurídico, 28 de dezembro de 2006, 14h02

Comentários de leitores

1 comentário

Que pena que não é aqui no Brasil, fico indigna...

Helena Fausta (Bacharel - Civil)

Que pena que não é aqui no Brasil, fico indignada de ter que trabalhar para tratar destes vagabundos, quando teria que ser o contrário, eles trabalharem para "pagar", se é que se paga o malefício feito com tanta desumanidade, às familías que tiveram seus entes queridos levados por estes loucos, e pensar que eles ainda recebem um salário do governo enquanto estão presos e com tanta mordomia...enfim, somos seus empregados...

Comentários encerrados em 05/01/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.