Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Carimbos & Bolachas

Livro debate prestação jurisdicional e falta de cidadania

Justiça Carimbos & Bolachas é o título do livro do advogado Antônio Paraguassú Lopes, especialista em legislação publicitária e direitos autorais. Na obra, ele trata da prestação jurisdicional e de seus procedimentos e procura, brincando, tratar de assuntos sérios.

Paraguassú Lopes ressalta que quase tudo está errado na prestação jurisdicional, mas deixa claro que a solução para os problemas apresentados em seu livro está nas mãos de todos. O que falta, segundo o autor, é cidadania.

De acordo com ele, nas páginas do livro, o leitor vai descobrir um mundo do qual talvez até já tenha ouvido falar, mas que nunca ninguém teve a boa vontade ou a ousadia de apresentá-lo. Verá o que a Justiça tem a ver, na prática, com os tais carimbos e as tais bolachas. Por fim, descobrirá porque a somatória de burocracia, incompetência, desinteresse e arrogância no trato da coisa pública atrapalha tanto a vida do cidadão comum.

O autor

Antônio Paraguassú Lopes é advogado graduado pela Faculdade de Direito da Universidade Federal da Bahia em 1963. Advogou durante 5 anos no estado de origem e logo depois trabalhou por 10 anos no Rio de Janeiro. Passou a dedicar-se ao Direito Autoral e leis da propaganda há mais de 15 anos. Atualmente, participa de seminários nacionais e internacionais na área de Propaganda e coordena o escritório Paraguassú e Advogados Associados, em São Paulo.

Serviço

Páginas: 135

Preço: R$ 18

Editora: Altana

Revista Consultor Jurídico, 21 de dezembro de 2006, 7h00

Comentários de leitores

1 comentário

É ótimo que um nome tão brasileiro aborde a que...

Ampueiro Potiguar (Advogado Sócio de Escritório)

É ótimo que um nome tão brasileiro aborde a questão.Se o Dr. Paraguassu trata da questão com humor para revelar o quanto ela é séria, parabens. O inverso também é verdadeiro: a prestação jurisdicional é tratada de forma lúdica pelos donos da lei. Continue colega. Outros se lhe seguirão.

Comentários encerrados em 29/12/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.